sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

THE WHO LANÇARÁ ÁLBUM AO VIVO GRAVADO EM NOVA YORK EM 1968





A apresentação aconteceu um dia após a morte de Dr Martin Luther King

O The Who anunciou que irá lançar um álbum ao vivo intitulado Live at the Fillmore East 1968. Como o próprio nome diz, o lançamento terá a gravação de um show que aconteceu nos anos 60 em Nova York.

A apresentação se tornou histórica devido sua data. A banda havia agendado quatro shows em dois dias, 05 e 06 de Abril daquele ano, mas dois deles foram cancelados devido ao terror que seguiu o assassinato de Dr Martin Luther King no dia 04 de Abril.

Ao decidir tocar um set por noite, a banda gravou sua apresentação mas devido um problema técnico, a gravação não foi completada. Agora, anos após o show histórico, o material foi restaurado, remasterizado e mixado pelo engenheiro de longa data do The Who, Bob Pridden.

The Who Live At The Fillmore East 1968 será lançado no dia 20 de Abril pela UMC no formato de CD duplo e disco de vinil triplo acompanhados de um livro de 12 páginas cheios de anotações e fotos da banda.

O primeiro CD terá a gravação remasterizada do show e o segundo, uma sessão de 30 minutos de “My Generation”, um dos maiores hits do The Who.

The Who Live At The Fillmore East 1968 está na pré-venda no site oficial da banda.







The Who Live At The Fillmore East 1968 tracklist:

Disco 1
1. “Summertime Blues”
2. “Fortune Teller”
3. “Tattoo”
4. “Little Billy”
5. “I Can’t Explain”
6. “Happy Jack”
7. “Relax”
8. “I’m A Boy”
9. “A Quick One”
10. “My Way”
11. “C’mon Everybody”
12. “Shakin’ All Over”
13. “Boris The Spider”

Disco 2
1. “My Generation”

ROB HALFORD SOBRE FIREPOWER: “QUERÍAMOS FAZER O ÁLBUM MAIS PESADO E MAIS CLÁSSICO POSSÍVEL”




O disco será lançado em Março

Rob Halford, frontman do Judas Priest, foi capa da revista Revolver na edição de Fevereiro/Março e falou sobre o novo disco da banda, Firepower.

Na entrevista, Halford revelou que o grupo queria fazer “o álbum mais pesado e mais clássico possível, representando o Judas Priest como uma banda que já está na estrada há 40 anos mas que ao mesmo tempo, tudo está tão fresco e novo”.

Ao falar sobre o processo criativo do álbum, o vocalista disse que passava o dia todo tocando, tentando criar riffs fortes para Firepower. Ele também revela que todo esse tempo rendeu material suficiente para um disco duplo, mas sua gravadora, Epic Records, os convenceu de lançar um disco único com 14 faixas.

Firepower será lançado no dia 09 de Março e você pode conferir a faixa-título logo abaixo:






Firepower tracklist:

1. “Firepower“
2. “Lightning Strike“
3. “Evil Never Dies“
4. “Never The Heroes“
5. “Necromancer“
6. “Children of the Sun“
7. “Guardians“
8. “Rising From Ruins“
9. “Flame Thrower“
10. “Spectre“
11. “Traitors Gate“
12. “No Surrender“
13. “Lone Wolf“
14. “Sea Of Red“


HAVOK em turnê na América Latina


A banda norte-americana de Thrash Metal HAVOK, ira fazer uma turnê na América Latina, no mês de Junho de 2018.


A HAVOK foi fundada em Fevereiro de 2004 em Denver no Colorado, por David Sánchez (vocal e guitarra), influenciado por algumas de suas bandas favoritas, como Metallica, Slayer e Megadeth, e sendo acompanhado na bateria por seu colega de escola Haakon Sjogren. Os dois com a banda recém formada começam a buscar um guitarrista para acompanhar David, e rapidamente encontram Shawn Chávez, que aceitou o convite por parte da banda. Mais tarde, a banda se consolidou com a entrada de Marcus Corich no baixo, e em 2004 gravaram sua primeira demo, "Thrash Can". Em 2006 lançaram de forma independente sua segunda demo titulado em "Murder by Metal". Em 2007, Tyler Cantrell substituiu Corich, enquanto Rich Tice assume as baquetas em lugar de Sjogren. Em 19 de Setembro do mesmo ano, com esta nova formação, a banda lançou o EP "Pwn 'Em All".


Em Dezembro de 2007, a HAVOK enviou uma cópia de seu EP a várias gravadoras. O EP chamou a atenção do selo de metal extremo Candlelight Records, e pouco depois a banda assinou contrato. A banda contratou como baterista Ryan Bloom, e em 2008, Jesse De Los Santos (como baixista). Em 2 de Junho de 2009, a banda lança seu primeIro álbum de estúdio, "Burn". Ryan Bloom deixa a banda antes do lançamento do álbum. Para substituí-lo, a banda contrata Pete Webber.


Depois de realizar a turnê de "Burn", a HAVOK voltou ao estúdio para gravar seu segundo trabalho. Em 29 de Março de 2011 sai "Time Is Up". O sucesso de "Time Is Up" fez com que a banda abrisse shows de bandas como Forbidden, Revocation e White Wizzard, assim como participação em shows do Sepultura, Death Angel, Anthrax, The English Dogs, The Casualties, Goatwhore, 3 Inches of Blood, Skeletonwitch e Exhumed. Em 2012 sai o novo EP titulado "Point Of No Return".


Logo após o EP sair Jesse De Los Santos abandona a banda por motivos pessoais, e em seu lugar entra Mike Leon. A banda lança em 2013 o álbum "Unnatural Selection", e atualmente divulga seu ultimo e mais novo álbum intitulado "Conformicide" lançado em 2017.


Confira as datas confirmadas até o momento mais abaixo.



MARDUK em São Paulo

No dia 23 de Setembro de 2018 em São Paulo/SP
Local: Manifesto Bar - Rua Iguatemi,36 Itaim Bibi
A Partir das 18 Horas

AMORPHIS apresenta detalhes de seu novo álbum




banda AMORPHIS finalmente terminou de gravar seu novo álbum de estúdio, intitulado "Queen Of Time". O trabalho está programado para ser lançado em 18 de maio, via Nuclear Blast. Em comparação com o antecessor, "Under The Red Cloud" (2015), o álbum incluirá o uso de cordas, flautas, arranjos orquestrais e até mesmo coros. Além disso, esta será a primeira vez que as pessoas poderão conferir as letras de Pekka Kainulainen no álbum, pois ele contribui com letras finlandês.


O álbum foi mais uma vez produzido pelo famoso Jens Bogren (OPETH, AMON AMARTH, KREATOR e muitos outros), que é conhecido por desafiar e motivar os artistas durante o processo de gravação.


A obra de arte da capa, que foi criada mais uma vez pelo artista francês Jean "Valnoir" Simoulin de Metastazis, capta o sentimento das letras e da música. Segundo Pekka Kainulainen: "As culturas se elevam, prosperam e são destruídas. A história do homem é a uma história de procurar, encontrar e esquecer. Uma única faísca pode incendiar o mundo, uma única ideia pode dar origem a uma nova cultura. O maior pode estagnar em insignificância, o menor pode conter o poder da mudança. As letras deste álbum são ecos distantes de povos da floresta antiga, desde o momento em que o significado foi proporcionado pelas forças cósmicas que governam o nascimento e a morte. Se a conexão se perdeu, eles procuraram uma nova vertente de conhecimento, encontraram uma nova direção e uma nova era começa ".

JUDAS PRIEST apresenta nova faixa



Depois da trágica noticia sobre o afastamento de Glenn Tipton dos palcos, o Judas Priest compartilha um pequeno trecho de sua nova faixa "Traitors Gate". A faixa completa poderá ser conferida no próximo álbum do grupo, "Firepower", no dia 09 de março.





GRAVE DIGGER esta trabalhando em novo álbum



A lendária banda de Heavy Metal alemã GRAVE DIGGER, está trabalhando em um novo álbum, com lançamento previsto para meados de Setembro de 2018.


Doze novas músicas estão finalizadas e em processo de pré produção que deve terminar nas próximas duas semanas. Os alemães prometem uma surpresa aos fãs com o novo trabalho. A marca registrada da banda permanecerá em todas as músicas, mas em relação à diversificação, o novo álbum será incomparável com o que já foi feito antes.


O grupo recentemente completou a pequena turnê na Russia, passando por St. Petersburg e Moscou além da participação no lineup do HRH Festival como Headliner, que aconteceu na O2 Academy em Birmingham na Inglaterra.


A banda segue se apresentando na Europa nos próximos meses:


23.02.18 Wacken / Wacken Winter Nights
24.03.18 Karlsruhe / No Playback Festival
16.06.18 Leutkirch / AAARGH Festival
22.06.18 Loreley / Rockfels Festival
13.07.18 Gävle / Gävle Metal Festival
15.07.18 Novi Sad / Exit Festival


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/gravediggerofficial
Homepage: grave-digger-clan.com
ReverbNation: reverbnation.com/gravdigger
Twitter: twitter.com/GRAVEDIGGERclan
Youtuber: youtube.com/user/gravediggerclan

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

JUDAS PRIEST DIVULGA TRECHO DE NOVA MÚSICA DO DISCO FIREPOWER; OUÇA AQUI


A turnê de divulgação do disco não terá Glenn Tipton

O Judas Priest divulgou um trecho da nova música “Traitors Gate”. A faixa faz parte do décimo oitavo disco de estúdio da banda, Firepower, que será lançado no dia 09 de Março pela Epic Records.

“Traitors Gate” é a segunda faixa que o Judas Priest divulga apenas um trecho, sendo a primeira “Spectre”. Já a faixa que carrega o nome do disco e “Lightning Strike” já foram disponibilizadas na íntegra, com a segunda recebendo um clipe oficial que você pode conferir clicando aqui.

O sucessor de Redeemer Of Souls (2014) foi gravado com o colega de longa data da banda Tom Allom, o também britânico Andy Sneap e o engenheiro Mike Exeter.

A turnê de divulgação de Firepower não terá o guitarrista Glenn Tipton devido ao seu mal de Parkinson que avançou de estágio. Sneap irá substituí-lo.

Ouça o trecho de “Traitors Gate” logo abaixo:
https://www.facebook.com/OfficialJudasPriest/videos/10156016589333965/



Firepower tracklist:

1. “Firepower”
2. “Lightning Strike”
3. “Evil Never Dies”
4. “Never The Heroes”
5. “Necromancer”
6. “Children of the Sun”
7. “Guardians”
8. “Rising From Ruins”
9. “Flame Thrower”
10. “Spectre”
11. “Traitors Gate”
12. “No Surrender”
13. “Lone Wolf”
14. “Sea Of Red”

NERVOCHAOS anuncia a sua nova line-up





Finalmente o Tanque de Guerra anuncia sua nova formação. Depois da perda precoce da guitarrista Cherry Taketani no ano passado, a NERVOCHAOS volta a trabalhar e anuncia o novo line-up.

O novo integrante já é velho conhecido dos fãs da NERVOCHAOS, o guitarrista Guiller, que já havia passado pela banda de 2009 a 2015, voltando agora ao posto. O restante da formação continua intacto com o fundador Edu Lane, Lauro Nightrealm e Thiago Anduscias.


Novamente um quarteto o grupo se prepara para voltar aos palcos e em breve vai anunciar as primeiras datas para o 2018. Um novo material também está sendo preparado e em breve a banda trará novidades.

Quem quiser saber um pouco mais da história do grupo e especialmente da atual fase, o NERVOCHAOS estará concedendo uma entrevista para o programa Backstage neste domingo, 25/03/2018, que vai ao ar pela Rádio Kiss FM de São Paulo/SP às 22h. Ele também pode ser conferido pelo link: kissfm.com.br

Novo álbum da SAXON já está a venda



Desde o lançamento de sua primeira demo em 1978, o SAXON tornou-se um dos principais pioneiros da NWOBHM. E o seu mais novo álbum, “Thunderbolt”, já é candidato para ser um dos clássicos da banda.


De acordo com o vocalista Biff Byford o álbum “é uma coleção de faixas vigorosas, destruidoras e trovejantes”. Ou seja, tudo o que os fãs do SAXON sempre esperam da banda. E para fechar com chave de ouro, o SAXON apresenta o bem executado cover de ‘They Played Rock And Roll’, dos mestres do Motörhead.


O novo álbum foi produzido pelo produtor britânico Andy Sneap (Amon Amarth, Testament, Accept, Kreator, Exodus e Benediction), e arte de capa foi feita pelo renomado artista britânico Paul Raymond Gregory (Dio, Blind Guardian, Freedom Call e Battalion).


"Thunderbolt" é o 22° álbum de estúdio da banda, e abordará a mitologia grega, e já esta disponível nos formatos CD em digipak no Brasil, via Shinigami Records.


Adquira sua cópia aqui: https://goo.gl/1BzeLY


Tracklist
01. Olympus Rising
02. Thunderbolt
03. The Secret Of Flight
04. Nosferatu (The Vampires Waltz)
05. They Played Rock And Roll
06. Predator
07. Sons Of Odin
08. Sniper
09. A Wizard's Tale
10. Speed Merchants
11. Roadie's Song
12. Nosferatu (Raw Version) (Disponível apenas em CD)


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/saxon
Homepage: saxon747.com
Myspace: myspace.com/planetsaxon
ReverbNation: reverbnation.com/saxon
Twitter: twitter.com/SaxonOfficial

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Black Label Society: lançado clipe de “A Love Unreal”





O Black Label Society lançou nesta segunda-feira (19) o clipe da faixa “A Love Unreal”. A música faz parte do último álbum do grupo, “Grimmest Hits”, lançado em 19 de janeiro deste ano pela eOne. A direção do clipe foi do colaborador de longa data Justin Reich.

Confira:


Tony Iommi: “Definivamente preciso voltar a compor”






Pouco após a realização do último show do Black Sabbath, em fevereiro de 2017, na cidade natal da banda (Birminghan na Inglaterra) o icônico guitarrista falou sobre sua vontade de voltar a escrever. “Em relação à música, eu definitivamente quero voltar a compor, mas atualmente estou fazendo muitos trabalhos voltados à caridade”, disse em entrevista ao The Midlands Rocks.

“Estou trabalhando com o Heartland Hospital, que faz parte da Heart of England Foundation Trust e também com o Wythall Animal Sanctuary, e ambos são muito importantes pra mim. Eu tento apenas ajudar quando poso no hospital e estamos tentando arrecadar dinheiro para comprar camas pros pacientes que estão fazendo quimioterapia”.

Na conversa, o guitarrista também explicou como se sentiu a respeito do momento do fim da última turnê. “Eu não me importei muito até os últimos shows, na verdade, porque parecia que estávamos fazendo o de sempre, que terminaríamos a tour e começaríamos a planejar a próxima. Mas não aconteceu. Houve momentos em que eu repentinamente percebi que aquela seria a última vez que apresentaríamos determinada música e isso me pegou.

NAPALM DEATH & CANNIBAL CORPSE em turnê na América Latina


As lendárias bandas de Death Metal NAPALM DEATH e CANNIBAL CORPSE, vêm juntas para uma longa turnê na América do Sul, que inclui vários shows no Brasil, entre Setembro e Outubro de 2018.


A NAPALM DEATH é uma banda de Grindcore da Inglaterra, formada no vilarejo de Meriden, próximo a cidade de Birmingham no ano de 1982. Não há nenhum integrante original remanescente no grupo, que atualmente consiste no vocalista Mark "Barney" Greenway, no baixista Shane Embury, no guitarrista Mitch Harris e no baterista Danny Herrera. Vários atuais e antigos integrantes da NAPALM DEATH formaram outras bandas e projetos paralelos como Carcass, Godflesh, Cathedral, Lock Up e Venomous Concept.


O grupo é considerado pioneiro dos gêneros musicais Grindcore e Death Metal, apesar de terem iniciado a carreira tocando Hardcore. O estilo da NAPALM DEATH inclui guitarras muito distorcidas, blast beats, ritmo extremamente rápido, vocal gutural, canções de curta duração e letras com temáticas sociais e políticas.


O álbum de estreia da banda "Scum" (1987), tornou-se muito influente sobre a cena do Metal Extremo, sendo listado entre os "50 melhores álbuns britânicos da história" pela revista Kerrang! em 2005. O grupo lançou até hoje 16 álbuns de estúdio e está, segundo Nielsen SoundScan, entre as sete bandas de Death Metal que mais venderam álbuns nos Estados Unidos.


A CANNIBAL CORPSE é uma banda de Death Metal estadunidense criada em 1988 em Bufallo, Nova Iorque. Com mais de duas décadas desde sua fundação, o grupo possui temas macabros e sanguinolentos em suas letras, que falam constantemente sobre assassinatos, mortes e necrofilia. Em 2015, chegaram à marca de 2 milhões de álbuns vendidos, tornando-se a banda de Death Metal mais bem sucedida comercialmente do mundo.


Os membros da CANNIBAL CORPSE originalmente buscavam inspiração em bandas de Thrash Metal como Slayer e Kreator, bem como em outros grupos de Death Metal como Morbid Angel, Autopsy e Death. As capas de álbuns (geralmente desenhadas por Vincent Locke) e letras de músicas do grupo, fortemente influenciadas por literatura de horror e filmes de terror, são bem controversas. Numerosas vezes, a banda foi impedida de apresentar-se em determinados países, ou teve a venda e exibição de suas capas de discos banidas.


Datas e locais devem ser anunciados nos próximos dias.

BLAZE BAYLEY disponibiliza o vídeo clipe de "Prayers of Light"




O vocalista BLAZE BAYLEY (ex-IRON MAIDEN e WOLFSBANE), disponibilizou para o publico em seu canal oficial no Youtube, o vídeo clipe de "Prayers of Light" uma das faixas do seu novo álbum intitulado "The Redemption of William Black (Infinite Entanglement Part III)".




"The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)", é a terceira parte da trilogia, finalizando o conceito de ficção científica criado por BLAZE BAYLEY.


Esse será o décimo álbum da carreira solo de BLAZE BAYLEY depois da ascensão a fama global como vocalista do IRON MAIDEN (1994-1999). Ele foi escolhido para o MAIDEN depois de ter aparecido com sua primeira banda, WOLFSBANE, radicada em torno da cidade de Birmingham, Inglaterra, que é agora a base para gravação de todos seus discos solo.


Os últimos três ou quatro anos tem sido um período excitante na carreira de BLAZE BAYLEY, com um sentido real, vendas crescentes e atenção pela mídia, sem falar na capa para a revista Powerplay (edição de Novembro de 2017), junto com a cobertura de três páginas dos shows pela América do Norte. BLAZE BAYLEY também obteve reconhecimento quando foi eleito por fãs como o 67º melhor vocalista de todos os tempos pela Sweden Rock Magazine, enquanto uma performance como convidado com o DISTURBED na premiação inglesa do Download Festival foi outro ponto alto.


"The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)" foi escrito junto com Chris Appleton, da banda de Metal inglesa ABSOLVA. Chris, que também produziu o álbum, é guitarrista e backing vocal na gravação e turnê, junto com seus colegas de ABSOLVA Martin McNee (bateria) e Karl Schramm (baixo e backing vocals).


Participações especiais no álbum incluem o vocalista do FOZZY Chris Jericho, para quem BLAZE BAYLEY criou especialmente um personagem em "Infinite Entanglement" . Também participaram Luke Appleton (ICED EARTH baixista e ABSOLVA guitarrista), Michelle Sciarrotta (coro/ator), Jo Robinson (coro), Mel Adams (coro), Liz Owen (backing vocals/coro), Aine Brewer (voz/ator) e Rob Toogood (coro/ator).


A turnê mundial de "The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)" começará no final de Fevereiro em Glasgow e terminará em 25 e 26 de Maio quando um DVD e CD ao vivo serão gravados em duas noites em Chez Paulette, perto de Nancy na França. Depois de um pequeno número de shows em festivais no verão, e mais uma pequena rodada de shows no Reino Unido, a turnê chegará aos EUA e Canadá em Setembro, na carona do sucesso da turnê norte-americana de 2017. Então, na primeira metade de 2019, a agenda continua pela América Latina e de novo retorna aos EUA para locais não visitados em 2018, sendo que nessa época é que serão lançados o DVD e CD ao vivo citados antes.


Convidados especiais para os shows no Reino Unido (exceto no Hammerfest) será a banda FAITH IN GLORY, enquanto que ainda na Europa, de primeiro de Abril até 26 de Maio, o convidado especial será Luke Appleton (ICED EARTH, ABSOLVA) com seu show solo-acústico.


"The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)" será lançado no dia 02 de Março de 2018.


A atual formação, conforme foto acima é (esquerda para direita): Martin McNee (bateria), Chris Appleton (guitarra e backing vocals), Blaze Bayley (vocais), Karl Schramm (baixo e backing vocals).


Tracklist
01. Redeemer
02. Are You Here
03. Immortal One
04. The First True Sign
05. Human Eyes
06. Prayers of Light
07. 18 Days
08. Already Won
09. Life Goes On
10. The Dark Side of Black
11. Eagle Spirit




Links Relacionados
Facebook: facebook.com/officialblazebayley
Homepage: blazebayley.net
Myspace: myspace.com/blazebayley
Bandcamp: blazebayleyofficial.bandcamp.com
ReverbNation: reverbnation.com/blazebayley
Twitter: twitter.com/BlazeBayley
Youtube: youtube.com/user/blazebayleyofficial

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Bill Hudson(Entrevista)



Quando se fala em Guitarristas internacionais diversos nomes surgem em nossas cabeça,mas são poucos que conseguem viver de sua arte ao longo dos anos, Bill Hudson é um desses guitarristas que além de tocar  bem tem carisma,e toca em bandas que muitos de nós mortais  sonhou em fazer parte,confira a entrevista que o hellmetalrock fez com esse  grande músico Brasileiro .

Entrevista:Alex Martins


1)voce está radicado nos Estados unidos, ha alguns anos atuando

em diversas bandas?Como foi seu inicio de carreira?la em 1993?

R: Meus pais me deram uma guitarra no dia das Crianças de 1992 haha!
Comecei a ter aulas logo na semana seguinte. Eu tinha visto o video
clip de November Rain, do Guns N' Roses e visto o Slash solando na
frente da igreja. Achei aquilo a coisa mais legal que ja tinha visto
na vida! Um pouco depois, meus pais me deram um VHS de um show da tour
daquele ano, no Japao. Decidi que queria fazer aquilo da vida vendo
aquele show! Dali pra frente foi como todo outro garoto da época,
montando sua primeira banda, tocando shows menores, etc...





2)voce assim como eu ,estudou com Kiko Loureiro,e hoje ele se
encontra com uma carreira sólida junto ao Megadeath?E voce com uma
grande carreira internacional,?Existe alguma formula para consolidar a
carreira como músico nos dias de hoje e viver de guitarra?
R: Nao sei se existe alguma formula, mas certas coisas podem ser
quantificadas. Por exemplo, muitos músicos acham que tudo que precisa
e "tocar pra caralho" e isso nao e verdade. Tem muitos fatores, muitas
coisas que voce precisa ter para ter change de um lugar ao sol. TODAS
essas coisas tem que estar em dia, e quem tem tudo em dia assim,
normalmente tem sucesso... Didicil alguém que faz TUDO certo e nao
consegue nada.. e quantificável, mas nao sei se chamaria de uma
formula.
                 
3)Como é para o Bill Hudson tocar em grandes bandas como,Trans
Siberiam orchestra,U.D.O,DIRSCHNEIDER,I AM MORBID,JON OLIVA S
PAIN,ZACK STEVENS CIRCLE 2 CIRCLE ?como voce arranja tempo para tocar
em todas essas bandas e trabalhar westfield massacre?
R: Na verdade nao trabalho mais com o Westfield Massacre ha alguns
anos. Eu compus, arranjei e gravei todas as musicas do primeiro
disco, exceto por 1 musica. Mas nao fiquei na banda, e acho que hoje
na verdade nem existe mais.

Quanto as bandas que voce mencionou, nem todas são ativas o ano
inteiro. A que mais faz shows e o U.D.O / DIRKSCHNEIDER, que faz por
volta de 100 shows ao ano. O I Am Morbid faz por volta de 40, e o
CIRCLE II CIRCLE esta inativo a alguns anos, assim como o JON OLIVA'S
PAIN, ja que ambos (Zak Stevens e Jon Oliva, vocalistas do SAVATAGE)
estão concentrados no TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA, que so acontece no fim
do ano, 3 meses de turne. As vezes da uns conflitos de agenda, haha
mas tem dado certo. Sou muito grato por poder tocar em todas essas
bandas e viver de musica ja ha alguns anos por isso.



    



4) voce tocou em umas das bandas mais fodas de deathmetal o vital
remains?como foi essa experiência?
R: Foi muito legal! Ate hoje lembro bastante dessa turne. Eu morava na
época com o Brian Werner (vocalista), ele ainda e um dos meus melhores
amigos! Eu estava com o CIRCLE II CIRCLE em Dubai, nos Emirados
Arabes, e recebi um email do Brian me dizendo que tinham acabado de
perder o guitarrista e tinham um cruzeiro e uma turne marcadas. Eu
mencionei que estava tocando em Dubai, mas que era meu ultimo dia e ia
voltar pros Estados Unidos no dia seguinte. Entao ele me mandou as
musicas em mp3 e tablaturas. Eu nao tive tempo de TOCAR as musicas,
mas voltei no avião entre Dubai e Miami lendo as tablaturas e ouvindo
as musicas ao mesmo tempo. Foi foda por que cada musica tinha 10
minutos e varias partes diferentes haha!

Entao eu cheguei em Miami e fiz MEIO ensaio com a banda e fomos direto
para o cruzeiro BARGE TO HELL, uma versão "do mau" do 70K Tons of
Metal, com bandas como BEHEMOTH, SEPULTURA, MAYHEM, etc...

Ja no navio, me juntei com o Tony (guitarrista) e tocamos as musicas
algumas vezes e ja fizemos o primeiro show. Foi ok, mas nao perfeito.
Ja o segundo show foi muito bom!

Dali, voamos direto para o Brasil para nos juntarmos ao KRISIUN e ao
MALEVOLENT CREATION para fazer uma turne de 6 shows. Foi a primeira
vez que toquei no Brasil como musico profissional. Ja tinha rodado o
mundo inteiro e feito os maiores festivais, mas nada no Brasil. Foi
muito legal tocar em Sao Paulo e ver meus pais no camarote enquanto eu
tocava!

Nao deu pra continuar com a banda, mas ainda somos muitos amigos e
inclusive compus algumas coisas para eles para um possível proximo
disco.




5)Eu acompanho sua carreira a anos e já vi voce atuar em diversas
bandas de estilos diferentes?como voce se prepara para cada banda ou
projeto? qual sua rotina de estudos?
R: Eu tenho uma seria rotina de estudos em geral, envolvendo
exercícios bem básicos que aprendemos la com 15 anos. Sabe, aqueles
das video aulas do Paul Gilbert, John Petrucci, cromatismo, 3 notas
por corda, etc... Faço isso ate hoje, todo dia para manter a precisão.
Faço aqueles 1234, 2134, 3214, etc...do Steve Vai todas as manhas e
noites em andamentos diferentes por volta de 30 minutos, tendo que
tocar ou nao. Faço também escalas no braço todo em todos os tons,
coisas assim.

Entao, ensaio as musicas do set list que estiver estudando como se
fosse o show. Faço uma playlist e toco. Se errar algo, continuo como
se fosse o show. E também me certifico de tocar PELO MENOS uma vez por
dia o set todo ate a data do inicio da turne, como um ritual. Se tem
alguma parte que tenho dificuldade, estudo com metrônomo
obsessivamente ate soar bem o suficiente pros meus ouvidos. Isso que e
legal de heavy metal e rock, por que os riffs são tao exatos voce pode
"afia-los" ate soar bem para seu ouvido como um exercício de
musculação...

Se for para aprender algum solo lendário, de alguém como Criss Oliva,
eu normalmente passo horas obcecado com cada bend, cada nuance...cada
coisinha, para nunca dar motivo para fan nenhum reclamar que nao
toquei satisfatoriamente bem.



 



6)Me fale sobre a sua relação com a ESP.
R: Ja ha alguns anos eu tenho sido "a face da companhIa", começando em
2013 quando fui capa do catalogo. Na época eles estavam procurando
alguém com uma boa imagem, que tocasse bem, mas nao fosse muito
conhecido, ja que o Gus G, que era "o garoto" deles na época, estava
começando a ficar muito conhecido pela gig do Ozzy, etc... Conheci o
vice presidente, Jeff Moore, e ele me disse "Se voce tocar guitarra
metade do seu visual, voce vai ser um rockstar" haha... e ate hoje
trabalhamos juntos.. ele eh um empresário "nao oficial" e um grande
amigo. Fazemos muitas coisas juntos, inclusive com uma empresa que ele
tem de roupas pra cachorros, o I DIG MY LIFE, que da roupas para os
meus cachorros haha.
Mas voltando a ESP, me dou muito bem com as guitarras e eles tomar
conta de tudo que peco. NUNCA me disseram nao quando pedi qualquer
coisa...nunca me recusaram nada e me dao todo o suporte. Sao mesmo a
melhor companhia do mercado, na minha opinião!


                                                                          


           


7)Gostaria de saber sobre seu disco solo?tem alguma previsão de lançamento?
R: Os planos mudaram, e decidi montar uma nova banda. Gostaria de
poder falar muito sobre isso, pois no momento e minha prioridade e o
que estou pondo mais energia na minha carreira, mas nao posso falar
nada oficialmente ainda, exceto que meus novos companheiros de banda
são Suecos, haha. Também posso dizer que saira antes do final desse
ano, finalmente! Estou muito, mas MUITO empolgado com isso!

8)Como foi tocar no Randy Rhoades Remembered, dividindo o palco com
músicos do Ozzy, Skid Row, Dio, Nitro, Journey, Strype?
R: Uma experiencia maravilhosa! Toquei COM o Stryper, com Michael
Sweet cantando e Oz Fox fazendo o solo de "Over The Mountain" junto
comigo! Tudo isso enquanto Rudy Sarzo no baixo e Brian Tichy na
batera! Michael Sweet sempre foi um dos meus vocalistas preferidos
também, foi uma honra! No final, TODOS os guitarristas se juntaram no
palco e fizeram Dee juntos no violão. Doug Aldrich, Richie Faulkner,
Phil Demmell, Mike Orlando, todo mundo! Foi épico!





9)Qual dica que voce pode deixar aos guitarristas que querem ter uma
carreira solida no mercado musical?Como a sua?
R: Sejam melhores que os outros em tudo! Sempre pense: "A minha
empresa (eu) esta operando na melhor performance?". Sua palhetada eh
boa como a dos caras que voce ve tocando em shows? E seu visual? Voce
tem umas roupas legais, ou sobe no palco de bermuda, como se estivesse
indo no mercado? Nao faca isso! Seu visual e seu cartão de visita. Se
tiver dois caras tocando igual, o cara com melhor visual sempre vai
ganhar o emprego. Se voce nao for o melhor, vai perder a vaga pro
melhor. Sempre.




10)Minha banda sacredeath abriu o show do circle 2 circle em
Curitiba,eu sempre fui um grande fã do savatage,conversamos com toda a
banda ,mais ZACK STEVENS é uma das pessoas mais legais que
conheci,Falo isso porque muitas vezes vejo as bandas Brasileiras com
sindrome de estrelismo,até para ceder uma entrevista?como é sua
relação com seus fãs?atuando em diversas bandas consagradas do metal
mundial?
R: Hoje em dia, a barreira entre o artista e o fa e muito diferente do
que era na época que eu comecei. Voce pode, em termos de metal, chegar
a literalmente QUALQUER MUSICO no Facebook. Todo mundo responde. Muito
raramente um musico nao tem social media... e a reação dos fas as
coisas que voce faz eh imediata, eles postam no Facebook de dentro do
local do show ate! Entao voce tem a oportunidade de ficar muito
proximo aos seus fas, e eu acho isso muito legal! Muitos fas se tornam
amigos, pois toco em bandas diferentes entao volto na mesma cidade em
turns diferentes e vejo a mesma pessoa, etc... Gosto e aprecio cada fa
pq sem eles, eu nao tenho uma carreira... eles merecem TUDO de mim so
por isso.

11)Gostaria de agradecer e dizer que sou um grande fã de seu
trabalho,e voce além de um grande guitarrista é um ser humano
incrivel,deixe uma mensagem aos seus fãs e todos que acompanham o
Hellmetalrock?
R: Muito Obrigado Alex e Hellmetalrock pela oportunidade! Adoro falar
com veículos de comunicação do Brasil e dar entrevistas em Portugues,
pq aprendo que mais pessoas conhecem o meu trabalho no meu pais! Tudo
de bom para voce e muito boa sorte para o Sacredeath!
--
Bill Hudson
billhudsonofficial.com
billhudsongtr.bandcamp.com/releases
facebook.com/billhudsongtr
twitter.com/billhudsongtr
instagram.com/billhudsongtr

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

THREE DAYS GRACE DIVULGA PODEROSA FAIXA; OUÇA “I AM AN OUTSIDER”





O novo disco da banda será lançado em Março

Recentemente, o Three Days Grace anunciou que irá lançar um novo disco intitulado Outsider.

O anúncio foi feito após divulgarem o primeiro single do trabalho, “The Mountain”. Agora, o grupo lançou uma poderosa nova faixa, “I Am An Outsider”.

Ao disponibilizar o novo som, o baterista Neil Sanderson disse a Billboard que as letras do Three Days Grace sempre foram sobre as pessoas que se sentem diferentes dos outros e estão confortáveis com isso. “[A música] é sobre decidir que você não quer ser influenciado pelas coisas em sua vida, principalmente pelas pessoas ruins que estão nela”, ele conta.

O baterista também falou sobre o papel da faixa no disco e disse que acredita que ambos servirão como um “despertador para você não se distrair com as inúmeras informações que somos bombardeados todos os dias.”

No novo trabalho, a banda se juntou a Rhys Fulber para transformar o som em algo que eles nunca haviam feito antes. Enquanto isso, Gavin Brown e Howard Benson se mantiveram como produtores do Three Days Grace.

O sucessor de Human (2015) será lançado no dia 09 de Março pela RCA e marca o sexto disco de estúdio do grupo.






Outsider tracklist:

1. “Right Left Wrong”
2. “The Mountain”
3. “I Am An Outsider”
4. “Infra-Red”
5. “Nothing To Lose But You”
6. “Me Against You”
7. “Love Me Or Leave Me”
8. “Strange Days”
9. “Villain I’m Not”
10. “Chasing The First Time”
11. “The New Real”
12. “The Abyss”

VERSÃO INÉDITA DE JIMI HENDRIX É DIVULGADA; OUÇA “HEAR MY TRAIN A COMIN’”




A faixa fará parte de um novo disco póstumo do cantor

Como já divulgado antes, um novo disco de Jimi Hendrix será lançado com treze faixas nunca lançadas antes e entre elas está a versão inédita de “Hear My Train A Comin’” que você pode conferir logo abaixo.

Both Sides of the Sky irá finalizar a trilogia de músicas inéditas do guitarrista. Valleys of Neptune foi lançado em 2010 e People, Hell and Angels em 2013. O novo disco terá o mesmo engenheiro de som dos outros dois, Eddie Kramer, que trabalhou em todos os projetos de Hendrix desde sua morte.

“Hear My Train A Comin’” é a segunda faixa divulgada do disco, sendo a primeira um cover de “Mannish Boy” do Muddy Waters. Clique aqui para conferir.

O trabalho será lançado no dia 09 de Março pela Sony Legacy Recordings em diversos formatos: CD, digital e um vinil duplo de 180 gramas.


ANGRA SOLTA NONO DISCO DA CARREIRA; OUÇA ØMNI





Álbum chega quatro anos após Secret Garden

ØMNI, o nono disco de inéditas do Angra, chegou às plataformas digitais nesta sexta-feira, 16 de Fevereiro, com lançamento pela earMusic.

O novo álbum chega quatro anos após Secret Garden, e traz 11 músicas na track list. Entre elas, duas já haviam sido divulgadas como singles, “War Horns” — que veio acompanhada de clipe — e “Travelers Of Time”.

ØMNI é o segundo disco do Angra com Fabio Lione (ex-Rhapsody) como vocalista. Foi gravado na Suécia e conta com a participação de Kiko Loureiro, membro fundador que agora integra o Megadeth, em uma das faixas.

Ouça ØMNI na íntegra abaixo, e leia aqui nossa resenha do disco.


https://open.spotify.com/album/5nwuV8ZeyyMJTwa8qxyLyo

Epica: banda envia mensagem aos fãs brasileiros



O Epica divulgou um vídeo direcionado aos fãs brasileiros em que a vocalista Simone Simons e o guitarrista Mark Jansen fazem um convite para os shows da turnê do último disco, “The Holographic Principle”, lançado em 2016.

Confira:







A “The Ultimate Principle Tour” passará por oito cidades brasileiras. Belo Horizonte (09/03), São Paulo (10/03), Rio de Janeiro (11/03), Porto Alegre (13/03), Curitiba (14/03), Manaus (16/03), Fortaleza (17/03) e Recife (18/03) receberão o Epica no Brasil.

Os ingressos já estão disponíveis no site http://www.clubedoingresso.com/epica.

MASTER'S HAMMER libera novo álbum na integra




Um dos nomes mais cultuados do black metal mundial, Master’s Hammer, continua seu legado com o lançamento de Fascinator, que foi disponibilizado dia 12 de fevereiro. Este álbum apresenta um som mais atmosférico do que o álbum anterior, pois as guitarras são menos agressivas e há efeitos de orquestrações e coros no fundo das musicas que as tornam mais épicas. Mas não deixe que isso te engane, o álbum ainda está carregado com grandes riffs e peso na medida.


As experimentações ficaram em segundo plano, o que agradará os velhos fãs. Confira o álbum na integra abaixo:


SKELETAL REMAINS: Anunciado a versão Sul-Americana de "Devouring Mortality"




A banda californiana de Death Metal SKELETAL REMAINS, lançará o seu terceiro álbum de estúdio, intitulado "Devouring Mortality", no primeiro semestre de 2018. O álbum será lançado na Europa, Asia e Oceania pela Century Media Records. O lançamento na América do Norte ficará a cargo da Dark Descent Records. E na América do Sul, a Kill Again Records terá essa honra de fazer o lançamento.


"Devouring Mortality" foi gravado no Trench Studios (Abysmal Dawn, Exhumed, Hirax, etc.) na Califórnia e mixado por Dan Swanö no Unisound Studio (Asphyx, Dissection, Bloodbath, etc.), a capa do disco foi criada por Dan Seagrave (Entombed, Morbid Angel, Pestilence, etc.).


O vocalista/guitarrista Chris Monroy falou sobre o novo álbum: "Estamos extremamente entusiasmados e ansiosos pelo lançamento de 'Devouring Mortality'. Ter a oportunidade de trabalhar com Dan Seagrave na obra de arte foi um sonho tornado realidade para nós. E Dan Swanö, cara, ele realmente fez o nosso álbum soar grandioso e pesado. foda! É uma verdadeira honra poder trabalhar com essas duas lendas. Mal podemos esperar para compartilhá-lo com todos os fãs de Death Metal!"


Em breve maiores informações.


Tracklist
01. Ripperology
02. Seismic Abyss
03. Catastrophic Retribution
04. Devouring Mortality
05. Torture Labyrinth
06. Grotesque Creation
07. Parasitic Horrors
08. Mortal Decimation
09. Lifeless Manifestation
10. Reanimating Pathogen
11. Internal Detestation


Links Relacionados da Skeletal Remains
Facebook: facebook.com/SkeletalRemainsDeathMetal
Bandcamp: skeletalremains.bandcamp.com
ReverbNation: reverbnation.com/skeletalremains
Youtube: youtube.com/user/SkeletalRemainsBand


Links Relacionados da Kill Again Records
Facebook: facebook.com/KillAgainRecords
Homepage: killagainrec.com/home.php
Myspace: myspace.com/killagainrec
Twitter: twitter.com/killagainrecs

IRON ANGEL posta o videoclip de 'Ministry of Metal'



A banda de Speed Metal germânica IRON ANGEL postou o videoclip de 'Ministry of Metal', faixa extraída de "Hellbound", o primeiro full-length de inéditas em mais de 30 anos!!! A direção do vídeo foi de Michael Meyer. Assista:






O lançamento do álbum "Hellbound" será no dia 04 de maio de 2018 em todo o mundo pela gravadora Mighty Music, nos formatos Digital, CD e em LP. Para reservar uma cópia acesse:

targetshop.dk/iron-angel



Tracklist:
1. Writing's On The Wall
2. Judgement Day
3. Hell And Back
4. Carnivore Flashmob
5. Blood And Leather
6. Deliverance In Black
7. Waiting For A Miracle
8. Hellbound
9. Purist of Sin
10. Ministry Of metal


A atual line-uo da IRON ANGEL é:
Dirk Schroeder - Vocals
Mitsch Meyer - Guitar
Rob Altenbach - Guitar
Didy Mackel - Bass
Maximilian Behr - Drums


Links:
mightymusic.dk
ironangel.eu

IHSAHN revela novidades de seu novo álbum solo

 


O vocalista da consagrada banda Emperor, Ihsahn, revela a data de lançamento do seu novo álbum solo, "Ámr". O álbum será dia 04 de maio de 2018, via Candlelight/Spinefarm. O guitarrista da Opeth, Fredrik Åkesson, participará como convidado na faixa "Arcana Imperii".

Confira o trancklist e a capa abaixo:

1. Lend Me the Eyes of the Millenia


2. Arcana Imperii


3. Sámr


4. One Less Enemy


5. Where You Are Lost and I Belong


6. In Rites of Passage


7. Marble Soul


8. Twin Black Angels


9. Wake

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

NOVO DISCO DO MEGADETH PODE SAIR EM 2019, SEGUNDO DAVID ELLEFSON




A banda do baixista e de Dave Mustaine lançou o álbum mais recente, Dystopia, em 2016

David Ellefson, baixista e cofundador do Megadeth, foi o último convidado do programa de rádio norte-americano Full Metal Jackie. Na ocasião, o músico falou sobre a experiência de narrar o documentário Inside Metal: Rise of L.A. Thrash Metal, sobre como conheceu Dave Mustaine, sobre o sucesso do disco mais recente da banda, Dystopia (2016), e sobre os planos futuros do grupo.

Quando questionado sobre o sucessor de Dystopia, Ellefson deu a possibilidade de um novo álbum para 2019. “Nosso objetivo é passar esse ano escrevendo”, afirmou. “Depois teremos que trabalhar nas faixas e, na minha cabeça, o disco sairá em 2019. Mas uma das coisas que aprendemos com o Dystopia foi que precisamos nos dar o tempo necessário para fazer um novo álbum. Acho que isso contribuiu muito para a qualidade do nosso trabalho e para a animação dos fãs quando ele saiu.”

Em janeiro, o Megadeth divulgou o segundo clipe da banda gravado no Brasil (assista aqui). O vídeo de “Lying in State” (de Dystopia) foi realizado em São Paulo durante uma viagem do grupo em Novembro de 2017. Em 2016, a banda norte-americana já havia escolhido a capital paulistana para o registro visual de “Conquer or Die”, do mesmo disco.

David Bowie: Cantor será homenageado com estátu



O Friars Aylesbury é um clube situado na cidade de Aylesbury, Buckinghamshire, na Inglaterra, onde David Bowie iniciou a turnê de dois de seus mais emblemáticos álbuns: “Hunky Dory” e “The Rise And Fall of Ziggy Stardust and The Spiders From Mars”.

Para homenagear o cantor, os proprietários do local, David Stopps e sua esposa Sue, fizeram uma arrecadação e encomendaram uma estátua de Bowie para o artista Andrew Sinclair. A obra, intitulada Earthly Messenger, será inaugurada no dia 25 de março, naquela cidade.

Na ocasião, acontecerá um show beneficente do Marillion, visando a complementação dos custos da obra, e haverá também uma feira onde os fãs poderão adquirir diversos tipos de memorabilia, que vão desde camisetas e cópias em miniatura da estátua, até um livro escrito por Kris Needs, intitulado “The Thin White Book – A History Of David Bowie And Friars Aylesbury”.

Papa Roach: confira o clipe da faixa “My Medication





O Papa Roach lançou um vídeo clipe para a música “My Medication“, que pode ser visto abaixo. A faixa foi tirada do nono álbum de estúdio da banda, “Crooked Teeth“, que foi lançado em maio passado pela Eleven Seven Music.

A banda retornará ao estúdio no verão para retomar o trabalho no sucessor de “Crooked Teeth“. Jacoby Shaddix disse à TheRave TV: “Em junho e julho, vamos entrar no estúdio e continuar trabalhando no próximo disco – já começamos a trabalhar, na verdade – e continuar de onde paramos em ‘Crooked Teeth‘, chutando bundas e escolhendo alguns nomes.”

Em seus recentes shows, a banda vem tocando partes de uma nova música chamada “Geronimo“. O baterista Tony Palermo disse ao site alemão Metal-Heads.de que as letras da faixa “são basicamente sobre Jacoby crescendo e procurando coisas para fazer em uma pequena cidade.”



VADER em turnê na América Latina


A banda polonesa de Death Metal VADER, anunciou em sua pagina oficial no Facebook, que esta agendando uma turnê na América Latina, a "The Ultimate Incantation Over Latin America - 25 Years Of Chaos".

A turnê "The Ultimate Incantation" incia dia 09 de Março na Polônia e a última data divulgada é 20 de Julho na Alemanha, portanto, América Latina deve ocorrer a partir de Agosto.


A VADER é uma banda de Death Metal da Polônia, formada em 1983. De acordo com Piotr Wiwczarek (fundador, guitarrista e vocalista) o nome da banda foi inspirado no personagem Darth Vader da série de filmes Star Wars. Os temas líricos incluem histórias de H. P. Lovecraft, Segunda Guerra Mundial, filmes de terror e mensagens antirreligiosas. Segundo a Billboard magazine, até 2003 a banda vendeu mais de 500.000 cópias ao redor do mundo.


Muitos consideram a VADER como um dos pioneiros a tocarem Death Metal na Polônia, colocando seu país na cena internacional do gênero.


Mais novidades serão reveladas em breve.


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/vader
Homepage: vader.pl
Myspace: myspace.com/vader
ReverbNation: reverbnation.com/vader
Twitter: twitter.com/vaderband

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

ØMNI, O NOVO ÁLBUM DO ANGRA




 novo álbum do Angra

No último sábado, dia 10 de Fevereiro, em pleno carnaval, o Angra convidou fãs, imprensa e parceiros para ouvir o novo álbum, Ømni. Num encontro descontraído, com as cervejas Holy Land, Angels Cry e a comemorativa de 25 anos sendo servidas, Fabio Lione, Rafael Bittencourt, Marcelo Barbosa, Felipe Andreoli e Bruno Valverde receberam todos com bastante entusiasmo para falarem sobre a sua mais nova obra.

Bittencourt abriu o evento com um discurso emocionado, dizendo o quão orgulhoso estava não só do resultado, mas também dos seus parceiros de banda e do quão coletivo foi a composição desse trabalho.

ØMNI traz tudo o que um fã de Angra espera: Melodias, peso e ritmos brasileiros. A faixa “Light Of Transcedence” abre o álbum com elementos sinfônicos, um Power Metal típico do Angra, seguida por “Travelers Of Time” (que você pode conferir o lyric video ao final desse texto), com uma introdução com elementos da música brasileira.

“Black Widow’s Web” é a música mais pesada do disco, com tempos quebrados e traz duas participações um tanto quanto inusitadas: A cantora Sandy, juntamente com Alissa White-Gluz, do Arch Enemy (ex-The Agonist). A ideia de trazer a voz de Alissa veio em 2016, quando a banda participou do festival 70000 Tons Of Metal, e assistiram a performance do Arch Enemy. O conceito da canção era trazer os dois momentos opostos da viúva negra, por isso também há uma voz suave e angelical, em contraponto a voz gutural e agressiva. Sem dúvida alguma, um dos pontos altos do CD.

A música que se segue, “Insania”, é outro Power Metal com uma pitada de Prog, com um belo trabalho de baixo. A banda já gravou um videoclipe para essa música.

“The Bottom Of My Soul” é outro destaque no álbum. Uma balada bonita, emotiva e com Rafael Bittencourt no vocal. Para a faixa “War Horns”, a banda também já gravou um videoclipe e a música tem participação de Kiko Loureiro, membro fundador do Angra e que hoje toca no Megadeth.

A música brasileira aparece novamente em “Caveman”, que também traz partes em português – o que Fabio Lione fez questão de ressaltar que admira muito bandas que colocam em sua obra o seu idioma natal.

“Magic Mirror” tem um pouco de sonoridade oitentista, e um refrão pegajoso em 7 minutos de uma verdadeira viagem. Felipe Andreoli, baixista, disse que essa música surgiu primeiro de uma parte tocada ao piano, que foi um processo coletivo de composição, e é a preferida dele no disco.

“Always More” é mais uma balada e foi composta na época do álbum Secret Garden. A banda disse que também já há um clipe gravado para ela.

“ØMNI – Silence Inside” começa com uma influência espanhola e apresenta ritmo brasileiro, além de ter um lado Prog, passando por estrofes calmas e outras bem pesadas, e novamente, Rafael Bittencourt nos brinda com sua voz. O álbum termina com uma música instrumental,“ØMNI – Infinite Nothing” crescente e com elementos sinfônicos.

Após a audição do álbum, a banda respondeu perguntas de fãs e imprensa. A ideia é que para todas as músicas do disco seja feito um clipe ou algum outro trabalho audiovisual. Andreoli e Marcelo Barbosa ressaltaram que a banda procura sempre acompanhar as mudanças na relação e consumo do público, tanto que o processo de criação do ØMNI foi disponibilizado na internet através de vídeos no Youtube. Clique aqui para assistir.

Ao ser perguntado por um fã sobre se o Heavy Metal no futuro será considerado a música clássica de hoje, Rafael Bittencourt foi enfático em dizer que “O Metal não será a música clássica do futuro. O fã de Metal tem que deixar de ser arrogante. O Heavy Metal precisa ser respeitado assim como qualquer outro estilo musical. Temos que ter cuidado para não alimentar a discórdia”.

A banda fará uma turnê mundial que contará com seis datas no Brasil. Clique aqui para conferir.

ØMNI é o nono álbum de estúdio do Angra, e o segundo com Fabio Lione (ex-Rhapsody) no vocal. Foi gravado na Suécia e será lançado no dia 16 de fevereiro, via earMUSIC.

ØMNI tracklist:
“Light Of Transcendence”
“Travelers Of Time”
“Black Widow’s Web”
“Insania”
“The Bottom Of My Soul”
“War Horns”
“Caveman”
“Magic Mirror”
“Always More”
“Ømni – Silence Inside”
“Ømni – Infinite Nothing”

Confira abaixo o lyric video da música “Travelers Of Time”:


ANGRA#OMNI#PIOR ÁLBUM?#SIM?OU?NÃO



No dia 16 de fevereiro de 2018 o novo álbum do Angra institulado omni será lançado nas plataformas digitais, e como sempre vemos um divisor de águas entre os fãs, criticos de metal,ou supostos conhecedores de rock ,metal e sub generos,a questão é nós sabemos quanto custa pra gravar um álbum desse porte com um produtor renomado,nós estamos aptos a falar com convicção desse álbum ou até da da banda Angra.


confira abaixo o video e tire suas conclusões .

Hatefulmurder: Confira o novo vídeo clipe, “Chimera




A banda de Thrash Metal/Death Metal Hatefulmurder lançou recentemente seu novo álbum de estúdio.

“Red Eyes” é o segundo registro de estúdio dos cariocas, conta com 9 faixas e foi lançado pelo selo Secret Service Records.





Como parte da divulgação do álbum, o grupo acaba de lançar seu novo vídeo clipe.

Confira “Chimera” abaixo


The Trooper cerveja oficial da IRON MAIDEN chega em barril no Brasil



Criada pelo vocalista Bruce Dickinson e a cervejaria Robinson's Brewery, a já aclamada cerveja Trooper, da banda britânica de Heavy Metal IRON MAIDEN, já está disponível em barril de 5 litros no Brasil. As versões em lata e garrafa já estavam disponíveis antes no mercado por um preço médio de R$25,00.


A cervejaria inglesa Robinsons Brewery é a responsável pela fabricação juntamente com o próprio vocalista, piloto de avião, palestrante, mestre cervejeiro, radialista, escritor, etc. Bruce Dickinson que esteve envolvido em todo conceito em torno da marca, fazendo questão de participar, inclusive, da seleção dos insumos.


A The Trooper é uma cerveja premium do tipo English Pale Ale com sabores de malte e notas cítricas a partir de uma mistura única de lúpulos Bobec, Goldings e Cascade. Sua coloração é dourada profundo e no paladar, ligeiramente amargo, notas de lúpulo cítrico e sabores de malte. Possui graduação alcoólica de 4,7% e harmoniza com carnes vermelhas, bacon, cheddar, carnes de caça (pato, javali, cordeiro), hambúrguer, pizza calabresa, pratos condimentados.




Abaixo, vídeo onde Bruce Dickinson apresenta a fabricação da The Trooper. Adquira seu barril AQUI.







Links Relacionados

Facebook: facebook.com/ironmaiden

Google+: plus.google.com/+ironmaiden/posts

Homepage: ironmaiden.com

Instagram: instagram.com/ironmaiden

Last.fm: lastfm.es/music/Iron+Maiden

Myspace: myspace.com/ironmaiden

Twitter: twitter.com/IronMaiden

YouTube: youtube.com/ironmaiden






OVERKILL está trabalhando em novo álbum


A lendária banda norte-americana de Thrash Metal OVERKILL, acaba de retornar ao estúdio para retomar o trabalho de composições e gravação das musicas do seu próximo álbum.

De acordo com uma publicação na página oficial no Facebook da banda, pelo menos quatro músicas novas estão em diferentes estágios de conclusão neste momento, com mais por vir.


A banda anunciou no ano passado, a adição do baterista Jason Bittner (Shadows Fall, Flotsam & Jetsam).

Mais novidades serão reveladas em breve.


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/OverkillWreckingCrew
Homepage: wreckingcrew.com/Ironbound
Myspace: myspace.com/overkill
Twitter: twitter.com/OverkillBand


https://www.facebook.com/OverkillWreckingCrew/posts/1557875407631131

GLENN TIPTON: doença de Parkinson afasta guitarrista dos palcos


Há 10 anos, o guitarrista de JUDAS PRIEST, Glenn Tipton, foi diagnosticado com os estágios iniciais da doença de Parkinson. No entanto, o veterano de heavy metal de 70 anos viveu sua vida como o grande guitarrista ao vivo, pelo qual ele sempre foi conhecido. Porém agora Glenn Tipton, anunciou que seu estado se agravou e, embora ele ainda consiga tocar algumas canções, não deve mais sair em turnês com os ícones do Heavy Metal britânico.


Apesar de sua atual condição, Tipton continuou trabalhando em "Firepower", novo álbum da banda, que será lançado este ano. Ele também não considera que tenha saído da banda, mas apenas não se sente mais em condições de encarar turnês, não descartando a possibilidade de tocar em algum show. Para tanto, seu substituto será Andy Sneap, produtor da banda e guitarrista do HELL.


A banda lançou a seguinte nota: "Nós temos sido privilegiados por testemunhar a determinação e compromisso de Glenn ao longo dos anos, mostrando sua paixão e auto-afirmação através das composições, gravações e performances com o PRIEST. Ele é um verdadeiro Metal Hero! Nós não ficamos surpresos com a insistência de Glenn para que continuássemos a turnê 'Firepower' e agradecemos ao Andy por se juntar a nós e fazer com que o desejo de Glenn se transforme em realidade.


Diz Glenn: "Quero que todos saibam que é vital que a turnê Judas Priest vá em frente e que eu não sai da banda - simplesmente meu papel mudou. Não descarto a chance de entrar no palco como e quando eu me sinta capaz. Então, em algum momento em um futuro não muito distante, estarei de volta. Estou ansioso para ver todos os nossos maravilhosos e maníacos fãs mais uma vez.

domingo, 11 de fevereiro de 2018

Metallica: Banda disponibiliza o vídeo de “Creeping Death” ao vivo em Madrid.





Os americanos do Metallica estão atualmente em turnê de divulgação de seu último registro, “Hardwired To Self-Destruct…” (2016) e no canal oficial da banda no YouTube estão sendo disponibilizados vídeos oficiais da atual volta ao mundo.

Hoje, a faixa da vez foi “Creeping Death” gravada no show de Madrid na Espanha dia 5 de fevereiro


Pink Floyd – Wish You Were Here (1975)





Gravado entre os meses de janeiro e julho de 1975, nos famosos estúdios Abbey Road, em Londres/Inglaterra, o nono álbum do Pink Floyd ‘Whish You Were Here’ veio ao mundo no dia 12 de setembro do mesmo ano e foi lançado pela Harvest/EMI e Columbia/CBS. Atingindo bons resultados, inclusive nos EUA, e estima-se que tenha vendido mais de 13 milhões de cópias ao todo. Gostando ou não de Pink Floyd, o leitor precisa concordar que esta é uma banda que todos devem ao menos conhecer superficialmente, pois mesmo que esse fato soe maçante, é sim um dos nomes de maior importância na história da Música Pesada.

Nos anos 70 as coisas aconteciam rápido no mundo musical e em oito anos de atividades, o Pink Floyd já contabilizava 09 trabalhos de estúdio e começava a adentrar a segunda metade da década com mais um aclamado clássico em sua luxuriante discografia. Se logo de cara, a arte de capa criada pela conceituada empresa gráfica britânica Hipgnosis – que de 1968 a 1982, produziu dezenas de artes para dezenas de bandas conhecidíssimas, como o próprio Pink Floyd, Wishbone Ash, Led Zeppelin, AC/DC, Nazareth, Def Leppard entre muitas outras mais – onde supostos dois “homens de negócios” trocam um aperto de mãos, sendo que um deles está literalmente pegando fogo! É claro, que combinou perfeitamente com a sonoridade trabalhada e viajante da banda.

Sucedendo o estouro comercial de ‘The Dark Side of the Moon’ e de certa forma ainda sentindo com a saída/demissão de um dos fundadores Syd Barret, os músicos Roger Waters, David Gilmour, Nick Mason e Richard Wright não poderiam se intimidar àquela altura do campeonato e mais uma vez deram tudo de si. Ora, os pouco mais de 44 minutos do play – divididos em cinco composições de muita qualidade – dizem por si só. E ainda resta alguma dúvida?





Como dito acima, sobre a banda de certa forma ainda sentir a saída de Syd em 1968, o fato os levou a compor uma espécie de homenagem a ele (ou chame você do que quiser): a complexa “Shine on You Crazy Diamond”, que inicia e termina o trabalho e sendo dividida entre si em nove partes (a primeira de I a V e a segunda de VI a IX) e somando as duas juntas, totalizam cerca de 25 minutos. Com instrumental predominante – que dispensa elogios – um dos pontos altos da música (a que abre o disco) é o incrível solo de saxofone de Dick Parry, que também participou de “Money”, presente no citado álbum anterior. Curiosamente, o próprio “homenageado” (fisicamente bastante mudado) inesperadamente deu as caras no estúdio, no momento em que a banda a estava executando, gerando uma espécie de situação constrangedora, afinal de contas as duas partes não se viam há vários anos. De fato, a composição nos passa uma carga emocional bem intensa e duvido que ao menos a melodia do refrão não grude na sua cabeça.

Dando seqüência, “Welcome to Machine” nos brinda com a maior parte das atenções voltadas aos teclados, sintetizadores e efeitos, ainda mantendo um discreto clima de melancolia em suas melodias e no vocal de David Gilmour. “Have a Cigar” é outra que conta com uma historinha não menos curiosa, já que os vocais foram registrados pelo prolífico músico inglês e amigo da banda, Roy Harper. O motivo? Resumindo: Roger Waters havia se excedido nas gravações de “Shine…” e não atingindo o resultado desejado, optou por não arriscar, enquanto que David Gilmour não a quis cantar. Como Roy estava gravando seu álbum ‘HQ’ (1975) no Estúdio 2 e o Pink Floyd no 3 (do Abbey Road), e acompanhando o tal dilema, ele prontamente se ofereceu para cantar, a banda aceitou e fim de papo. Musicalmente, é uma das que mais gosto no álbum, com sua levada sensivelmente grooveada e viajante, que também não abre mão das diversas nuances rítmicas e melodiosas, sem contar que Roy se saiu muito bem. Sendo uma das mais “curtas”, a faixa título “Wish You Were Here” começa a conduzir o ouvinte aos momentos finais do álbum, com bastantes arranjos de violão e com mais uma interessante letra. Particularmente falando, é uma ótima canção, mas nunca me desceu muito bem.

Finalizando em grande estilo o espetáculo, temos “Shine on Your Crazy Diamond” (Partes VI-IX), explicitando mais uma vez a desenvoltura instrumental, técnica e de composição de cada um dos quatro lendários músicos (apenas Nick Mason não assinou alguma composição), que nunca abriram mão dos positivos experimentalismos.

A história não mente e os anos foram generosos mais uma vez com o inigualável Pink Floyd, e ‘Wish You Were Here’ figura entre um dos clássicos da banda e do Rock em si. Mas, sua trajetória ainda seria marcada por outras conquistas e sucessos, bem como diversos outros acontecimentos e perdas… Que você, caro leitor, continuará acompanhando ao longo dos dias. Enquanto isso, descubra, ouça de novo e prestigie a arte musical bem feita, desses ingleses!




Banda:
Roger Waters (vocais, baixo, guitarra, VCS3, efeitos);
David Gilmour (vocais, guitarra, guitarra havaiana, EMS Synthi AKS, teclados, efeitos);
Nick Mason (bateria, percussão, efeitos);
Richard Wright (teclados, VCS3, clavinete, backing vocals)

Músicos Convidados:
Dick Parry (saxofone em “Shine On You Crazy Diamond”);
Roy Harper (vocais em “Have a Cigar”);
Venetta Fields & Carlena Williams (backing vocals)

Faixas:
01. Shine on You Crazy Diamond (Parts I-V)
02. Welcome to the Machine
03. Have a Cigar
04. Wish You Were Here
05. Shine on You Crazy Diamond (Parts VI-IX).