quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

EX-GUITARRISTA DO JUDAS PRIEST, K.K.DOWNING, DIZ ESTAR “CHOCADO E ATORDOADO”, POR NÃO TER SIDO CHAMADO PARA SUBSTITUIR GLENN TIPTON





O ex-guitarrista do Judas Priest, KK Downing, afirmou em sua página no Facebook que está chocado por não voltar à banda após Glenn Tipton anunciar há duas semanas sua saída do grupo britânico devido ao Mal de Parkinson. Tipton foi substituído pelo guitarrista e produtor Andy Sneap.

Segundo KK Downing, o fato de não ter sido chamado de volta ao Judas Priest provou que o seu talento “não era apreciado por mais de um membro”. Porém o próprio guitarrista decidiu deixar a banda em 2011 devido a “divergências musicais” e foi substituído por Richie Faulkner.

“É com grande tristeza que digo que estou chocado e abismado por não ter sido consultado para meu posto original como guitarrista do Judas Priest. Mesmo que eu tenha saído da banda ou não, o potencial desta situação nunca passou pela minha cabeça quando saí – apesar de eu ainda ser tanto oficialmente quanto legalmente um membro do Judas Priest“, afirma.

“No entanto, eu vejo agora com mais clareza que fiz o certo em sair da banda na época. Parece que o tempo que passei na banda e meu valor criativo e enorme legado não era apreciado por mais de um membro”, ressalta o guitarrista.

Por fim, KK Downing disse que Andy Sneap, que esteve na co-produção de “Firepower”, juntamente com Tom Allom, era “um dos maiores contribuidores para o Rock e Metal que você poderia ter o privilégio de conhecer”. “Não tenho dúvidas que a sua contribuição para o novo álbum do Judas Priest foi maior do que somente como produtor”, completa.

“Tudo que resta a vocês, fãs, é aproveitar a banda como ela está para completar uma parte da história da música em que cada um de vocês desempenhou um papel importante”, finaliza.

EM VÍDEO, BRUCE DICKINSON APRESENTA NOVA CERVEJA EM PARCERIA COM ONG DE SOLDADOS




A nova cerveja já está à venda

Recentemente, o Iron Maiden havia anunciado que sua parceria com a Robinsons Brewery se expandiria com uma nova cerveja.

Agora, em um vídeo, o frontman Bruce Dickinson apresenta o novo produto explicando suas características e revelando que parte do dinheiro das vendas será arrecadado para a a instituição Help For Heroes que cuida de veteranos das Forças Armadas Britânica que tiveram sua vida afetada de alguma forma após seu serviço.

Intitulada Intitulada Light Brigade, a nova bebida terá o teor alcoólico de 4.1% e segundo Dickinson, “é a interpretação de uma cerveja gold que possui os elementos de força e característica da Trooper”.

O músico também revelou estar orgulhoso do trabalho: “Eu tenho ensinado vôo para muitos soldados pela Help For Heroes então eu conheço muito bem a organização e seu trabalho. Eu espero que fãs de cerveja, música e história aproveitem Light Brigade e possam brindar aos nossos veteranos.”

Light Brigade está a venda no site oficial da Robinsons Brewery.



JIMMY PAGE IRÁ LANÇAR ÁLBUM SOLO PELA PRIMEIRA VEZ EM 30 ANOS




O músico não revelou detalhes sobre o novo material

Jimmy Page, lendário guitarrista do Led Zeppelin, revelou que seu próximo álbum solo, o primeiro em 30 anos, irá unir todos os diferentes aspectos de sua habilidade como músico.

“Eu pretendo fazer algo que, obviamente, irá parecer como um álbum”, disse ele em uma entrevista para a Rolling Stone. “Ele vai avançar ainda mais. Estou ansioso para fazê-lo, independente do projeto. Mas se você considerar todas as áreas que eu tentei na guitarra, seja acústica ou elétrica ou qualquer outra coisa, todas as abordagens diferentes que fiz, ele será uma extensão de tudo isso. Então, não é apenas acústico, não é apenas elétrico, é tudo o que eu conseguir reunir.”

Ainda sem previsão de lançamento, o disco será o primeiro desde Outrider (1988) que contou com Robert Plant, vocalista do Led Zeppelin, como co-compositor e acompanhou o vocal de seu colega em faixas como “The Only One”. Jason Bonham também participou do trabalho como baterista do disco e na turnê que seguiu o lançamento.


MOTÖRHEAD: Disponível o CD "What´s Words Worth? Live Recorded 1978"




A Hellion Records tem o orgulho de brindar todos os fãs da lendária MOTÖRHEAD, com o lançamento do CD "What´s Words Worth? Live Recorded 1978".


O disco foi gravado ao vivo no dia 18 de Fevereiro de 1978 no Roundhouse/Londres, durante a participação da banda em um evento beneficente para arrecadar dinheiro para a preservação dos manuscritos de William Wordsworth (poeta inglês), sendo que a banda não se apresentou como MOTÖRHEAD, mas sim como Iron Fist And The Hordes From Hell.


"What´s Words Worth? Live Recorded 1978" foi o primeiro disco ao vivo da banda gravado, porém foi o segundo a ser lançado em 1982 (o primeiro foi o "No Sleep 'til Hammersmith" lançado em 1981) por problemas contratuais com sua gravadora.


Além das faixas "Iron Horse / Born to Lose", "On Parole", "White Line Fever" e "Keep Us on the Road" presentes no primeiro álbum auto-intitulado da banda de 1977, o álbum conta com 4 covers, sendo eles "The Watchers" (Hawkwind), "Leaving Here" (Eddie Holland), "Im Your Witch Doctor" (John Mayall and the Bluesbreakers), "The Train Kept A-Rollin" (Tiny Bradshaw) e "City Kids" (Pink Fairies).


Adquira sua cópia de "What´s Words Worth? Live Recorded 1978" AQUI.


Tracklist
01. The Watcher (Hawkwind cover)
02. Iron Horse / Born to Lose
03. On Parole
04. White Line Fever
05. Keep Us on the Road
06. Leaving Here (Eddie Holland cover)
07. Im Your Witch Doctor (John Mayall and the Bluesbreakers cover)
08. The Train Kept A-Rollin (Tiny Bradshaw cover)
09. City Kids (Pink Fairies cover)


Links Relacionados da Hellion Records
Facebook: facebook.com/HellionRecordsBrazil
Homepage: hellion.com.br/site2/index.asp
Twitter: twitter.com/hellionrecords


Links Relacionados da Motörhead
Facebook: facebook.com/OfficialMotorhead
Homepage: imotorhead.com
Last.fm: lastfm.com.br/music/Motörhead
Myspace: myspace.com/motorhead
Instagram: instagram.com/officialmotorhead
Twitter: twitter.com/myMotorhead
Youtube: youtube.com/channel/UCbPCDmtTU-W4SdA8abZtWpA

HIBRIA libera o vídeo clipe de "Moving Ground"

A banda gaucha de Heavy Metal HIBRIA, liberou em seu canal oficial no Youtube, o vídeo clipe de "Moving Ground" faixa-título do seu novo álbum.




Moving Ground" é o sexto álbum de estúdio e último com a formação antiga da banda, e sera lançado no dia 28 de Fevereiro de 2018 no Japão, via King Records (Japan) e no Brasil tem previsão de lançamento até o final de Março. A arte da capa ficou por conta de Tiago Masseti.





Mais novidades serão reveladas em breve.


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/HIBRIAOFFICIAL
Homepage: hibria.com
Myspace: myspace.com/hibria
Instagram: instagram.com/hibriaofficial
LastFM: last.fm/music/Hibria
Twitter: twitter.com/HIBRIA
Youtube: youtube.com/user/HibriaMetal

Morre o guitarrista Fabiano Penna da REBAELLIUN


Fabiano Penna, guitarrista da REBAELLIUN, e que também tocou nas bandas Andralls, The Ordher, Horned God e Blessed, faleceu no dia 27 de Fevereiro de 2018 em São Paulo.


Ele estava internado desde domingo no Hospital de Pronto Socorro de São Paulo, com um quadro de infecção generalizada de causa desconhecida. Segunda foi transferido para a UTI e hoje veio a óbito.


Fabiano Penna iniciou sua carreira musical tocando na Blessed nos anos 90 que seria o embrião do que mais tarde tornaria a REBAELLIUN. Após um hiato de 13 anos haviam lançado em 2016 o excelente "The Hell's Decrees", sucedido pelo EP de 2017 "Bringer of War - The Last Stand". A banda havia retornado de uma tour recente com a Pestilence na Europa.

Novo álbum da EXODUS será lançado em 2019




O frontman da EXODUS Steve "Zetro" Souza afirmou que os fãs terão de esperar, pelo menos, até o final de 2019 para o sucessor do álbum de 2014 "Blood In Blood Out".


O plano original dos veteranos da Bay Area em São Francisco era de entrarem no estúdio em Outubro de 2017 para iniciar as gravações do álbum, mas agora parece que a banda não vai começar os trabalhos até que o guitarrista Gary Holt termine os shows da "última" turnê da Slayer.


Quando foi perguntado sobre o andamento das sessões de gravação para o novo álbum da EXODUS, Souza disse ao Metal Insider: "Vou ser bem sincero com você, isso não deve acontecer até que chegue o fim, e você sabe qual "o fim" que estou mencionando". Gary vai começar a turnê com a Slayer agora em Maio e deve ir até... eu nem sei te falar na verdade; não faço ideia. O que eu sei é que a Slayer anunciou a sua última turnê recentemente, e sendo bem realista, não iremos conseguir gravar o novo álbum até que eles tenham acabado. Estou apenas especulando, mas acredito que a turnê irá durar entre 1 ano e meio, talvez 2, até que eles tenham finalizado tudo, aí acho que já era. É o que todos estão pensando; também sou apenas um espectador e não estou sabendo de mais nada além disso.


Souza continuou: "Gary voltou para casa em Outubro do ano passado e a Slayer não tem feito nada desde então, e ele vem compondo algumas coisas para a EXODUS, mas ainda não compartilhou com a gente. Eu ouvi algumas canções que ele e Tom (Hunting, baterista) andaram compondo no início do ano passado e a minha reação foi tipo 'Meu Deus! Eu voltei para a banda e quanto tempo mais iremos demorar para gravar outro álbum?' Eu entendo perfeitamente que ele é o principal compositor da banda. Lee (Altus, guitarrista) também escreve algumas músicas, mas Gary sempre foi a mente criativa da banda, então o povo vai receber aquilo que querem, até porque num futuro próximo obviamente a Slayer não existirá mais, então nesse momento eu acredito que ele deve voltar em definitivo para a EXODUS".


Zetro também disse que ele e os companheiros de banda "amam" o guitarrista da Heathen, Kragen Lum, que é quem ocupa o lugar de Holt quando ele está em turnê com a Slayer. "Mas acredito que os fãs estão ansiosos pela volta de Gary", ele afirmou. "Amamos a Slayer, eles são nossos irmãos, e também compreendemos que financeiramente é uma situação bem mais interessante (para Gary), e tenho plena convicção que essa última turnê da Slayer vai esgotar ingressos por onde passar."


Em relação a quando os fãs da EXODUS devem aguardar para ver o lançamento do novo álbum de estúdio, Zetro afirmou: "Final de 2019, para ser bem realista. Nós iremos continuar tocando, iremos continuar promovendo o álbum "Blood In Blood Out", Mas não iremos apenas focar no "Blood In Blood Out". Não somos tão ingênuos, sabemos que podemos tocar "Bonded By Blood", "Pleasures Of The Flesh", "Fabulous Disaster" que as pessoas virão. Elas não se importam, elas amam essas canções. Se dissermos que na próxima turnê tocaremos apenas o "Bonded By Blood" o lugar iria lotar."


"Blood In Blood Out" foi o primeiro álbum da EXODUS depois da saída do vocalista Rob Dukes que permaneceu na banda por nove anos, e o primeiro que marcou o retorno de Souza, que foi vocalista da banda de 1986 até 1993 e de 2002 até 2004.


Holt falou numa entrevista recente sobre a direção musical da EXODUS para o próximo disco. Ele afirmou: "Do que eu venho compondo até agora, acho que as músicas estão mais curtas, mas também acho que estão com uma pegada mais progressiva do que no último álbum. Está um pouco fora da zona de conforto. É realmente super arrasador e acredito que as pessoas ficarão surpresas."


Ele ainda complementou: "É um álbum da EXODUS, mas até o momento, o que Tom e eu estamos criando é um pouco diferente. Tem essas mudanças sutis que saem um pouco do tradicional, mas que ainda estão firmemente enraizadas no som da banda".


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/exodusattack
Homepage: exodusattack.com
Myspace: myspace.com/exodus
ReverbNation: reverbnation.com/exodus
Instagram: instagram.com/exodusbandofficial
Twitter: twitter.com/exodusattack
Youtube: youtube.com/user/exodus

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

RICHIE SAMBORA IRÁ SE REUNIR COM BON JOVI PARA CERIMÔNIA DO ROCK AND ROLL HALL OF FAME




Alec John Such também fará parte da reunião

O Bon Jovi revelou que irá se reunir com seu lineup original para se apresentar no Rock and Roll Hall of Fame que acontecerá em Abril.

Richie Sambora e Alec John Such irão “tocar algumas músicas” com a banda como parte da sua introdução ao Hall completando a formação de: Jon Bon Jovi (vocal), Tico Torres (bateria) e David Bryan (teclado).



O baixista Alec saiu do Bon Jovi em 1993 enquanto Richie saiu em 2013 e desde então boatos de uma reunião têm rodeado o grupo.

Ao falar com a Billboard, o baterista disse: “Nós temos uma história juntos e eu acho incrível quando você pode reviver isso – não apenas para nós mas para os fãs também. Acho que quando você se reune com amigos de longa data, sempre terá emoções fortes envolvidas.”

Atualmente, a banda está em turnê apoiando o disco This House Is Not for Sale lançado em Novembro de 2016. A cerimônia do 33º Rock and Roll Hall of Fame irá acontecer no dia 14 de Abril no Public Auditorium em Cleveland, Ohio.

APÓS SETE ANOS SEM MATERIAL INÉDITO, DIMMU BORGIR LANÇA “INTERDIMENSIONAL SUMMIT”; ASSISTA




O último trabalho inédito no Dimmu Borgir foi em 2010

Após sete anos sem lançar nada inédito, os noruegueses do Dimmu Borgir lançarão seu novo álbum, Eonian, no dia 04 de Maio.

O clipe do primeiro single, “Interdimensional Summit”, foi dirigido por Patric Ullaeus, que já trabalhou anteriormente com a banda nos clipes de “Progenies Of The Great Apocalypse” e “The Serpetine Offering“. Ullaeus também já trabalhou com bandas como Arch Enemy, Amaranthe, Europe, In Flames, Evergrey, Delain, Within Temptation, Children Of Bodom, dentre outras.

O EP “Interdimensional Summit” será lançado em vinil colorido de 7 polegadas, e além da faixa-título, traz uma versão ao vivo de “Puritania“, gravada em Oslo, na Noruega.

O Dimmu Borgir completa 25 anos de carreira em 2018, e seu último trabalho inédito foi lançado em 2010, chamado “Abrahadabra”.

Eonian Track List:
1. The Unveiling
2. Interdimensional Summit
3. Ætheric
4. Council Of Wolves And Snakes
5. The Empyrean Phoenix
6. Lightbringer
7. I Am Sovereign
8. Archaic Correspondence
9. Alpha Aeon Omega
10. Rite Of Passage



CARNATION assina com a Season of Mist



Os belgas da CARNATION assinaram um contrato com a gravadora Season of Mist. Ainda em 2018 será lançado o álbum de estreia dos deathbangers, a gravação e mixagem foi realizada no Project Zero Studio e a masterização ficou nas mãos de Dan Swanö (Bloodbath, Miser Index, Edge Of Sanity) no Unisound Studio.

Em breve será revelado detalhes do debut album da CARNATION, enquanto isso confira a faixa 'Explosive Cadavers', extraída do EP 'Cemetery of the Insane' lançado em 2015.

Links:
fb.com/CarnationBE
season-of-mist.com
twitter.com/seasonofmist


JUDAS PRIEST libera prévia de nova música




Uma breve prévia de uma nova faixa intitulada "Evil Never Dies" dos ícones do heavy metal britanico, Judas Priest, está disponível abaixo. A faixa é tirada do novo álbum do grupo, "Firepower", que será lançado em 9 de março pela Epic. "Firepower" foi gravado pelo produtor britânico Andy Sneap e Tom Allom (que já trabalhou com a banda em 'Unleashed In The East' (1979), 'British Steel' (1980), 'Point Of Entry' (1981), 'Screaming For Vengeance' (1982), 'Defenders Of The Faith' (1984), 'Turbo' (1986), 'Priest… Live!' (1987), 'Ram It Down' (1988) e 'A Touch Of Evil Live' (2009)). O engenheiro de som foi Mike Exeter, que trabalho em "Redeemer Of Souls". O trabalho de capa para "Firepower" foi feito por Claudio Bergamin.


Confirá a prévia:

THY ANTICHRIST disponibiliza o vídeo clipe de "The Great Beast"



A Napalm Records postou em seu canal oficial no Youtube, o vídeo clipe de "The Great Beast" uma das faixas do novo álbum intitulado "Wrath Of The Beast", da banda de Black Metal colombiana atualmente radicada nos Estados Unidos THY ANTICHRIST.



O novo álbum foi produzido pela própria banda, e a arte de capa foi feita pelo renomado artista húngaro Péter Sallai (Kataklysm, Sabaton, W.A.S.P. e Crematory), e o novo logo tem a assinatura do 'Senhor dos Logos' Christophe Szpajdel.



A banda comenta o novo álbum: "Lemos o feitiço perverso de Aleister Crowley para despertar um antigo faraó do mal das cinzas do tempo, para condenar este mundo moderno de caos pelas mãos amaldiçoadas do homem. Nós invocamos a ira da besta, a estrela que se eleva do leste! "


"Wrath Of The Beast" foi lançado no dia 23 de Fevereiro de 2018 via Napalm Records.

    

                                       

                     
Tracklist
01. Desolation
02. Metal to the Bone
03. The Great Beast
04. A World Burnt to Ashes
05. No Place Like Hell
06. Nightmares
07. Crown of Lies
08. Skeletons of Disgrace
09. Walking Through the Soul
10. The Last Breath – Instrumental Outro


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/THYANTICHRIST
Myspace: myspace.com/thyantichrist
Bandcamp: thyantichrist.bandcamp.com
ReverbNation: reverbnation.com/thyantichrist
Twitter: twitter.com/thyantichrist
Youtube: youtube.com/user/TragicTHYANTICHRIST

Novo álbum da ANGELUS APATRIDA será lançado em Maio de 2018



A banda de Thrash Metal espanhola ANGELUS APATRIDA, lançará seu mais novo álbum de estúdio intitulado "Cabaret de la Guillotine", em todo o mundo através da Century Media Records em 04 de Maio de 2018.


Confira abaixo o lyric vídeo de "Sharpen The Guillotine", uma das faixas de "Cabaret de la Guillotine".







A banda comenta sobre a faixa "Sharpen The Guillotine": A música retoma a atual situação política da Espanha, enquanto escrevo isso, uma cantora de rap vai passar 3 anos e 6 meses na prisão por conta de suas letras. A Espanha é um lugar perigoso agora. Liberdade de expressão? Sim, só para os ricos".


A mixagem e produção do novo álbum foram feitas pelo parceiro de longa data Daniel Cardoso (Anathema, Anneke van Giersbergen), e a obra de arte de capa ficou a cargo de Gyula Havancsák (Destruction, Annihilator).


Pré-encomendas de "Cabaret de la Guillotine" podem ser feitas AQUI.


Mais novidades serão reveladas em breve.


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/angelusapatrida
Myspace: myspace.com/angelusapatrida
Official Website: angelusapatrida.com


sábado, 24 de fevereiro de 2018

PAUL STANLEY: “KISS PODE E DEVE CONTINUAR SEM OS INTEGRANTES ORIGINAIS”




O Kiss é um conceito, um ideal, um jeito de se apresentar que vai muito além de mim”

Na última sexta, 22, em uma entrevista à rádio norte-americana KLOS, o vocalista e guitarrista do Kiss Paul Stanley reforçou o pensamento dele de que a banda deve sempre existir, mesmo sem nenhum dos integrantes originais, incluindo ele e o cofundador Gene Simmons. “Eu acho que o Kiss é um conceito, um ideal, é um jeito de se apresentar ao público que vai muito além de mim”, disse.

“Eu sou um grande fã de mim mesmo, mas isso não significa que não há ninguém por aí que não possa somar algo à banda”, continuou. “Não um clone, não alguém me copiando, mas eu fui influenciado por muita gente, então com certeza há outros que foram influenciados por mim.”

Questionado se o Kiss deveria continuar com novos membros, ele não titubeou na resposta. “Eu realmente acredito que isto irá acontecer, que isto pode acontecer e que isto deve acontecer.”

Há dois anos, Stanley já havia falado sobre a busca por alguém para substituí-lo no Kiss. “Honestamente, acho que todas as bandas covers do Kiss são ótimas, mas nenhuma delas têm um bom ‘Paul’. Então eu gostaria de encontrar alguém que incorporasse o que eu fiz com muitos elementos que me inspiraram. E não é um boneco tentando ser eu; é alguém que vem e contribui com algo novo, ainda que siga o padrão estabelecido.”

Assista ao vídeo da entrevista na íntegra, em inglês, abaixo.


BREAKING BENJAMIN LANÇA NOVA MÚSICA; OUÇA “BLOOD”




O novo disco será o primeiro desde 2015

A banda Breaking Benjamin lançou uma nova música, parte do sexto disco de estúdio da banda, Ember. “Blood” é uma das doze faixas presentes no disco que foi produzido pela própria banda e sucede Dark Before Dawn de 2015 que estreou em primeiro lugar na Billboard 200.

Segundo o fundador e frontman Ben Burnley, o novo trabalho irá explorar os extremos da banda: “O lado mais suave será muito suave, e o lado pesado será muito pesado. Nós decidimos entregar o que os fãs gostam da maneira mais forte possível.”

Ember será lançado no dia 13 de Abril pela Hollywood Records e já está disponível para compra em pré-venda.

Breaking Benjamin foi formada em 1999 pelo vocalista e gutarrista Benjamin Burnley e pelo baterista Jeremy Hummel na Pennsylvania, EUA.

Confira a faixa “Blood” logo abaixo e em seguida a tracklist e capa do disco Ember:





Ember tracklist:

1. “Lyra“
2. “Feed The Wolf“
3. “Red Cold River“
4. “Tourniquet“
5. “Psycho“
6. “The Dark Of You“
7. “Down“
8. “Torn In Two“
9. “Blood“
10. “Save Yourself“
11. “Close Your Eyes“
12. “Vega“

NOVO ESTUDO AFIRMA QUE OUVIR METAL É BENÉFICO PARA CÉREBRO HUMANO





Cientistas australianos descobriram que gênero musical diminui nível de estresse

Um estudo da Universidade da Austrália, publicado em uma edição recente do Jornal da Comunidade de Psicologia, sugere que os fãs de Metal são calmos — oposto do que é dito pelo o senso comum. A descoberta foi apontada pela versão australiana da Noisey.

Escrito pelos psicólogos australianos Paula Rowe e Bernard Guerin, a pesquisa intitulada “Contextualizing the Mental Health of Metal Youth: A Community for Social Protection, Identity, and Musical Empowerment” (“Contextualizando a Saúde Mental da Juventude do Metal: Uma Comunidade para Proteção Social, Identidade e Empoderamento Musical”, em tradução livre) teve 28 fãs de Metal da Austrália entrevistados, sendo 23 homens e cinco mulheres. Baseados nas discussões, os pesquisadores descobriram que a identidade metaleira e a comunidade da música os ajudaram a prevenir problemas de saúde mental.




Na pesquisa, Rowe e Guerin apontaram quatro fatores que conectam o perfil mental dos entrevistados: sofrer bullying na escola; sentir que a música ajudava a diminuir a raiva; ter um sentimento de comunidade, online ou offline; dizer que as identidades metaleiras os ajudavam a afastar os problemas e a se conectar com outros fãs.

Na conclusão, disseram: “Ao falar repetida e diretamente com jovens fãs de metal, foi descoberto que as identidades musicais os ajudam a superar o estresse de ambientes desafiadores e a construir personalidades e comunidades fortes, o que diminui o potencial de desenvolvimento de problemas mentais.”

Apesar da amostra utilizada por Rowe e Guerin ser pequena e, por isso, o estudo não poder ser classificado como “definitivo”, é um bom sinal para os fãs de Metal. Você pode ler a pesquisa na íntegra, em inglês, aqui.

ABORTED anuncia gravações do seu novo álbum




A banda de Death Metal ABORTED anunciou que o processo de composição do seu novo álbum, foi finalizado e em breve entrarão no estúdio, para gravar o álbum sucessor de "Retrogore" lançado em 2016 e o EP "Bathos" de 2017. O álbum ainda sem título não tem previsão de lançamento.


O ABORTED nasceu em 1995 na Bélgica, e lançou seu primeiro disco "The Purity of Perversion" em 1999, via Uxicon Records. Com o passar dos anos, a banda passou por diversas transformações na sua formação, o que perceptivelmente refletiu em sua sonoridade. Hoje, ao lado da Century Media Records, a banda parece ter voltado aos seus melhores dias, e, sempre sob o comando do vocalista Sven “Svencho” de Caluwé, vem em uma sequência incrível de lançamentos, com o EP "Termination Redux" (2016), o full-length "Retrogore" (2016) e o EP "Bathos" (2017).


Mais novidades serão reveladas em breve.


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/Abortedofficial
Homepage: goremageddon.be/retrogore
Myspace: myspace.com/abortedmetal
ReverbNation: reverbnation.com/aborted
Instagram: instagram.com/abortedmetal
Twitter: twitter.com/abortedmetal
Youtube: youtube.com/user/abortedbelgium

AUTOPSY: Disponível a compilação 'Critical Madness: The Demo Years'








A gravadora Peaceville Records lançou neste mês de fevereiro de 2018 o vinil 'Critical Madness: The Demo Years', material que compila as duas primeiras demos da lenda do Death Metal mundial AUTOPSY!

A compilação traz as demos "1987 Demo" e "Critical Madness" (1988), ainda a faixa rara 'Christ Denied' e uma seleção de gravações de ensaio entre os anos de 1987 e 1988. Para adquirir essa relíquia do metal da morte acesse: burningshed.com/store/peaceville/autopsy


Tracklist:

SIDE A
1. Human Genocide
2. Embalmed
3. Stillborn
4. Mauled To Death
5. Stillborn
6. Mauled To Death

SIDE B
1. Charred Remains
2. Ridden With Disease
3. Critical Madness
4. Embalmed
5. Disembowel
6. Christ Denied

Links:
autopsydeathmetal.com
peaceville.com
twitter.com/PeacevilleRecs

KATAKLYSM posta a capa e um teaser de 'Meditations'






Os canadenses da KATAKLYSM revelaram detalhes do sucessor de 'Of Ghosts and Gods' (2015), o novo álbum, décimo terceiro álbum de sua carreira, tem o título de 'Meditations'. O lançamento do novo disco será em abril de 2018 pela major Nuclear Blast. A mixagem ficou nas mãos de Jay Ruston (Anthrax, Stone Sour) e a masterização realizado por Paul Logus (Pantera).

Confira abaixo um vídeo promocional, o tracklist e a capa do disco, que foi assinada novamente pela artista Surtsey Castaño Iacono da Ocvlta Designs, responsável pela arte de 'Of Ghosts and Gods'.



01. Guillotine
02. Outsider
03. The Last Breath I'll Take Is Yours
04. Narcissist
05. Born To Kill And Destined To Die
06. In Limbic Resonance
07. And Then I Saw Blood
08. What Doesn't Break Doesn't Heal
09. Bend The Arc, Cut The Cord
10. Achilles Heel




Em breve será revelado mais detalhes de 'Meditations'.

Links:
twitter.com/kataklysmband

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

THE WHO LANÇARÁ ÁLBUM AO VIVO GRAVADO EM NOVA YORK EM 1968





A apresentação aconteceu um dia após a morte de Dr Martin Luther King

O The Who anunciou que irá lançar um álbum ao vivo intitulado Live at the Fillmore East 1968. Como o próprio nome diz, o lançamento terá a gravação de um show que aconteceu nos anos 60 em Nova York.

A apresentação se tornou histórica devido sua data. A banda havia agendado quatro shows em dois dias, 05 e 06 de Abril daquele ano, mas dois deles foram cancelados devido ao terror que seguiu o assassinato de Dr Martin Luther King no dia 04 de Abril.

Ao decidir tocar um set por noite, a banda gravou sua apresentação mas devido um problema técnico, a gravação não foi completada. Agora, anos após o show histórico, o material foi restaurado, remasterizado e mixado pelo engenheiro de longa data do The Who, Bob Pridden.

The Who Live At The Fillmore East 1968 será lançado no dia 20 de Abril pela UMC no formato de CD duplo e disco de vinil triplo acompanhados de um livro de 12 páginas cheios de anotações e fotos da banda.

O primeiro CD terá a gravação remasterizada do show e o segundo, uma sessão de 30 minutos de “My Generation”, um dos maiores hits do The Who.

The Who Live At The Fillmore East 1968 está na pré-venda no site oficial da banda.







The Who Live At The Fillmore East 1968 tracklist:

Disco 1
1. “Summertime Blues”
2. “Fortune Teller”
3. “Tattoo”
4. “Little Billy”
5. “I Can’t Explain”
6. “Happy Jack”
7. “Relax”
8. “I’m A Boy”
9. “A Quick One”
10. “My Way”
11. “C’mon Everybody”
12. “Shakin’ All Over”
13. “Boris The Spider”

Disco 2
1. “My Generation”

ROB HALFORD SOBRE FIREPOWER: “QUERÍAMOS FAZER O ÁLBUM MAIS PESADO E MAIS CLÁSSICO POSSÍVEL”




O disco será lançado em Março

Rob Halford, frontman do Judas Priest, foi capa da revista Revolver na edição de Fevereiro/Março e falou sobre o novo disco da banda, Firepower.

Na entrevista, Halford revelou que o grupo queria fazer “o álbum mais pesado e mais clássico possível, representando o Judas Priest como uma banda que já está na estrada há 40 anos mas que ao mesmo tempo, tudo está tão fresco e novo”.

Ao falar sobre o processo criativo do álbum, o vocalista disse que passava o dia todo tocando, tentando criar riffs fortes para Firepower. Ele também revela que todo esse tempo rendeu material suficiente para um disco duplo, mas sua gravadora, Epic Records, os convenceu de lançar um disco único com 14 faixas.

Firepower será lançado no dia 09 de Março e você pode conferir a faixa-título logo abaixo:






Firepower tracklist:

1. “Firepower“
2. “Lightning Strike“
3. “Evil Never Dies“
4. “Never The Heroes“
5. “Necromancer“
6. “Children of the Sun“
7. “Guardians“
8. “Rising From Ruins“
9. “Flame Thrower“
10. “Spectre“
11. “Traitors Gate“
12. “No Surrender“
13. “Lone Wolf“
14. “Sea Of Red“


HAVOK em turnê na América Latina


A banda norte-americana de Thrash Metal HAVOK, ira fazer uma turnê na América Latina, no mês de Junho de 2018.


A HAVOK foi fundada em Fevereiro de 2004 em Denver no Colorado, por David Sánchez (vocal e guitarra), influenciado por algumas de suas bandas favoritas, como Metallica, Slayer e Megadeth, e sendo acompanhado na bateria por seu colega de escola Haakon Sjogren. Os dois com a banda recém formada começam a buscar um guitarrista para acompanhar David, e rapidamente encontram Shawn Chávez, que aceitou o convite por parte da banda. Mais tarde, a banda se consolidou com a entrada de Marcus Corich no baixo, e em 2004 gravaram sua primeira demo, "Thrash Can". Em 2006 lançaram de forma independente sua segunda demo titulado em "Murder by Metal". Em 2007, Tyler Cantrell substituiu Corich, enquanto Rich Tice assume as baquetas em lugar de Sjogren. Em 19 de Setembro do mesmo ano, com esta nova formação, a banda lançou o EP "Pwn 'Em All".


Em Dezembro de 2007, a HAVOK enviou uma cópia de seu EP a várias gravadoras. O EP chamou a atenção do selo de metal extremo Candlelight Records, e pouco depois a banda assinou contrato. A banda contratou como baterista Ryan Bloom, e em 2008, Jesse De Los Santos (como baixista). Em 2 de Junho de 2009, a banda lança seu primeIro álbum de estúdio, "Burn". Ryan Bloom deixa a banda antes do lançamento do álbum. Para substituí-lo, a banda contrata Pete Webber.


Depois de realizar a turnê de "Burn", a HAVOK voltou ao estúdio para gravar seu segundo trabalho. Em 29 de Março de 2011 sai "Time Is Up". O sucesso de "Time Is Up" fez com que a banda abrisse shows de bandas como Forbidden, Revocation e White Wizzard, assim como participação em shows do Sepultura, Death Angel, Anthrax, The English Dogs, The Casualties, Goatwhore, 3 Inches of Blood, Skeletonwitch e Exhumed. Em 2012 sai o novo EP titulado "Point Of No Return".


Logo após o EP sair Jesse De Los Santos abandona a banda por motivos pessoais, e em seu lugar entra Mike Leon. A banda lança em 2013 o álbum "Unnatural Selection", e atualmente divulga seu ultimo e mais novo álbum intitulado "Conformicide" lançado em 2017.


Confira as datas confirmadas até o momento mais abaixo.



MARDUK em São Paulo

No dia 23 de Setembro de 2018 em São Paulo/SP
Local: Manifesto Bar - Rua Iguatemi,36 Itaim Bibi
A Partir das 18 Horas

AMORPHIS apresenta detalhes de seu novo álbum




banda AMORPHIS finalmente terminou de gravar seu novo álbum de estúdio, intitulado "Queen Of Time". O trabalho está programado para ser lançado em 18 de maio, via Nuclear Blast. Em comparação com o antecessor, "Under The Red Cloud" (2015), o álbum incluirá o uso de cordas, flautas, arranjos orquestrais e até mesmo coros. Além disso, esta será a primeira vez que as pessoas poderão conferir as letras de Pekka Kainulainen no álbum, pois ele contribui com letras finlandês.


O álbum foi mais uma vez produzido pelo famoso Jens Bogren (OPETH, AMON AMARTH, KREATOR e muitos outros), que é conhecido por desafiar e motivar os artistas durante o processo de gravação.


A obra de arte da capa, que foi criada mais uma vez pelo artista francês Jean "Valnoir" Simoulin de Metastazis, capta o sentimento das letras e da música. Segundo Pekka Kainulainen: "As culturas se elevam, prosperam e são destruídas. A história do homem é a uma história de procurar, encontrar e esquecer. Uma única faísca pode incendiar o mundo, uma única ideia pode dar origem a uma nova cultura. O maior pode estagnar em insignificância, o menor pode conter o poder da mudança. As letras deste álbum são ecos distantes de povos da floresta antiga, desde o momento em que o significado foi proporcionado pelas forças cósmicas que governam o nascimento e a morte. Se a conexão se perdeu, eles procuraram uma nova vertente de conhecimento, encontraram uma nova direção e uma nova era começa ".

JUDAS PRIEST apresenta nova faixa



Depois da trágica noticia sobre o afastamento de Glenn Tipton dos palcos, o Judas Priest compartilha um pequeno trecho de sua nova faixa "Traitors Gate". A faixa completa poderá ser conferida no próximo álbum do grupo, "Firepower", no dia 09 de março.





GRAVE DIGGER esta trabalhando em novo álbum



A lendária banda de Heavy Metal alemã GRAVE DIGGER, está trabalhando em um novo álbum, com lançamento previsto para meados de Setembro de 2018.


Doze novas músicas estão finalizadas e em processo de pré produção que deve terminar nas próximas duas semanas. Os alemães prometem uma surpresa aos fãs com o novo trabalho. A marca registrada da banda permanecerá em todas as músicas, mas em relação à diversificação, o novo álbum será incomparável com o que já foi feito antes.


O grupo recentemente completou a pequena turnê na Russia, passando por St. Petersburg e Moscou além da participação no lineup do HRH Festival como Headliner, que aconteceu na O2 Academy em Birmingham na Inglaterra.


A banda segue se apresentando na Europa nos próximos meses:


23.02.18 Wacken / Wacken Winter Nights
24.03.18 Karlsruhe / No Playback Festival
16.06.18 Leutkirch / AAARGH Festival
22.06.18 Loreley / Rockfels Festival
13.07.18 Gävle / Gävle Metal Festival
15.07.18 Novi Sad / Exit Festival


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/gravediggerofficial
Homepage: grave-digger-clan.com
ReverbNation: reverbnation.com/gravdigger
Twitter: twitter.com/GRAVEDIGGERclan
Youtuber: youtube.com/user/gravediggerclan

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

JUDAS PRIEST DIVULGA TRECHO DE NOVA MÚSICA DO DISCO FIREPOWER; OUÇA AQUI


A turnê de divulgação do disco não terá Glenn Tipton

O Judas Priest divulgou um trecho da nova música “Traitors Gate”. A faixa faz parte do décimo oitavo disco de estúdio da banda, Firepower, que será lançado no dia 09 de Março pela Epic Records.

“Traitors Gate” é a segunda faixa que o Judas Priest divulga apenas um trecho, sendo a primeira “Spectre”. Já a faixa que carrega o nome do disco e “Lightning Strike” já foram disponibilizadas na íntegra, com a segunda recebendo um clipe oficial que você pode conferir clicando aqui.

O sucessor de Redeemer Of Souls (2014) foi gravado com o colega de longa data da banda Tom Allom, o também britânico Andy Sneap e o engenheiro Mike Exeter.

A turnê de divulgação de Firepower não terá o guitarrista Glenn Tipton devido ao seu mal de Parkinson que avançou de estágio. Sneap irá substituí-lo.

Ouça o trecho de “Traitors Gate” logo abaixo:
https://www.facebook.com/OfficialJudasPriest/videos/10156016589333965/



Firepower tracklist:

1. “Firepower”
2. “Lightning Strike”
3. “Evil Never Dies”
4. “Never The Heroes”
5. “Necromancer”
6. “Children of the Sun”
7. “Guardians”
8. “Rising From Ruins”
9. “Flame Thrower”
10. “Spectre”
11. “Traitors Gate”
12. “No Surrender”
13. “Lone Wolf”
14. “Sea Of Red”

NERVOCHAOS anuncia a sua nova line-up





Finalmente o Tanque de Guerra anuncia sua nova formação. Depois da perda precoce da guitarrista Cherry Taketani no ano passado, a NERVOCHAOS volta a trabalhar e anuncia o novo line-up.

O novo integrante já é velho conhecido dos fãs da NERVOCHAOS, o guitarrista Guiller, que já havia passado pela banda de 2009 a 2015, voltando agora ao posto. O restante da formação continua intacto com o fundador Edu Lane, Lauro Nightrealm e Thiago Anduscias.


Novamente um quarteto o grupo se prepara para voltar aos palcos e em breve vai anunciar as primeiras datas para o 2018. Um novo material também está sendo preparado e em breve a banda trará novidades.

Quem quiser saber um pouco mais da história do grupo e especialmente da atual fase, o NERVOCHAOS estará concedendo uma entrevista para o programa Backstage neste domingo, 25/03/2018, que vai ao ar pela Rádio Kiss FM de São Paulo/SP às 22h. Ele também pode ser conferido pelo link: kissfm.com.br

Novo álbum da SAXON já está a venda



Desde o lançamento de sua primeira demo em 1978, o SAXON tornou-se um dos principais pioneiros da NWOBHM. E o seu mais novo álbum, “Thunderbolt”, já é candidato para ser um dos clássicos da banda.


De acordo com o vocalista Biff Byford o álbum “é uma coleção de faixas vigorosas, destruidoras e trovejantes”. Ou seja, tudo o que os fãs do SAXON sempre esperam da banda. E para fechar com chave de ouro, o SAXON apresenta o bem executado cover de ‘They Played Rock And Roll’, dos mestres do Motörhead.


O novo álbum foi produzido pelo produtor britânico Andy Sneap (Amon Amarth, Testament, Accept, Kreator, Exodus e Benediction), e arte de capa foi feita pelo renomado artista britânico Paul Raymond Gregory (Dio, Blind Guardian, Freedom Call e Battalion).


"Thunderbolt" é o 22° álbum de estúdio da banda, e abordará a mitologia grega, e já esta disponível nos formatos CD em digipak no Brasil, via Shinigami Records.


Adquira sua cópia aqui: https://goo.gl/1BzeLY


Tracklist
01. Olympus Rising
02. Thunderbolt
03. The Secret Of Flight
04. Nosferatu (The Vampires Waltz)
05. They Played Rock And Roll
06. Predator
07. Sons Of Odin
08. Sniper
09. A Wizard's Tale
10. Speed Merchants
11. Roadie's Song
12. Nosferatu (Raw Version) (Disponível apenas em CD)


Links Relacionados
Facebook: facebook.com/saxon
Homepage: saxon747.com
Myspace: myspace.com/planetsaxon
ReverbNation: reverbnation.com/saxon
Twitter: twitter.com/SaxonOfficial

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Black Label Society: lançado clipe de “A Love Unreal”





O Black Label Society lançou nesta segunda-feira (19) o clipe da faixa “A Love Unreal”. A música faz parte do último álbum do grupo, “Grimmest Hits”, lançado em 19 de janeiro deste ano pela eOne. A direção do clipe foi do colaborador de longa data Justin Reich.

Confira:


Tony Iommi: “Definivamente preciso voltar a compor”






Pouco após a realização do último show do Black Sabbath, em fevereiro de 2017, na cidade natal da banda (Birminghan na Inglaterra) o icônico guitarrista falou sobre sua vontade de voltar a escrever. “Em relação à música, eu definitivamente quero voltar a compor, mas atualmente estou fazendo muitos trabalhos voltados à caridade”, disse em entrevista ao The Midlands Rocks.

“Estou trabalhando com o Heartland Hospital, que faz parte da Heart of England Foundation Trust e também com o Wythall Animal Sanctuary, e ambos são muito importantes pra mim. Eu tento apenas ajudar quando poso no hospital e estamos tentando arrecadar dinheiro para comprar camas pros pacientes que estão fazendo quimioterapia”.

Na conversa, o guitarrista também explicou como se sentiu a respeito do momento do fim da última turnê. “Eu não me importei muito até os últimos shows, na verdade, porque parecia que estávamos fazendo o de sempre, que terminaríamos a tour e começaríamos a planejar a próxima. Mas não aconteceu. Houve momentos em que eu repentinamente percebi que aquela seria a última vez que apresentaríamos determinada música e isso me pegou.

NAPALM DEATH & CANNIBAL CORPSE em turnê na América Latina


As lendárias bandas de Death Metal NAPALM DEATH e CANNIBAL CORPSE, vêm juntas para uma longa turnê na América do Sul, que inclui vários shows no Brasil, entre Setembro e Outubro de 2018.


A NAPALM DEATH é uma banda de Grindcore da Inglaterra, formada no vilarejo de Meriden, próximo a cidade de Birmingham no ano de 1982. Não há nenhum integrante original remanescente no grupo, que atualmente consiste no vocalista Mark "Barney" Greenway, no baixista Shane Embury, no guitarrista Mitch Harris e no baterista Danny Herrera. Vários atuais e antigos integrantes da NAPALM DEATH formaram outras bandas e projetos paralelos como Carcass, Godflesh, Cathedral, Lock Up e Venomous Concept.


O grupo é considerado pioneiro dos gêneros musicais Grindcore e Death Metal, apesar de terem iniciado a carreira tocando Hardcore. O estilo da NAPALM DEATH inclui guitarras muito distorcidas, blast beats, ritmo extremamente rápido, vocal gutural, canções de curta duração e letras com temáticas sociais e políticas.


O álbum de estreia da banda "Scum" (1987), tornou-se muito influente sobre a cena do Metal Extremo, sendo listado entre os "50 melhores álbuns britânicos da história" pela revista Kerrang! em 2005. O grupo lançou até hoje 16 álbuns de estúdio e está, segundo Nielsen SoundScan, entre as sete bandas de Death Metal que mais venderam álbuns nos Estados Unidos.


A CANNIBAL CORPSE é uma banda de Death Metal estadunidense criada em 1988 em Bufallo, Nova Iorque. Com mais de duas décadas desde sua fundação, o grupo possui temas macabros e sanguinolentos em suas letras, que falam constantemente sobre assassinatos, mortes e necrofilia. Em 2015, chegaram à marca de 2 milhões de álbuns vendidos, tornando-se a banda de Death Metal mais bem sucedida comercialmente do mundo.


Os membros da CANNIBAL CORPSE originalmente buscavam inspiração em bandas de Thrash Metal como Slayer e Kreator, bem como em outros grupos de Death Metal como Morbid Angel, Autopsy e Death. As capas de álbuns (geralmente desenhadas por Vincent Locke) e letras de músicas do grupo, fortemente influenciadas por literatura de horror e filmes de terror, são bem controversas. Numerosas vezes, a banda foi impedida de apresentar-se em determinados países, ou teve a venda e exibição de suas capas de discos banidas.


Datas e locais devem ser anunciados nos próximos dias.

BLAZE BAYLEY disponibiliza o vídeo clipe de "Prayers of Light"




O vocalista BLAZE BAYLEY (ex-IRON MAIDEN e WOLFSBANE), disponibilizou para o publico em seu canal oficial no Youtube, o vídeo clipe de "Prayers of Light" uma das faixas do seu novo álbum intitulado "The Redemption of William Black (Infinite Entanglement Part III)".




"The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)", é a terceira parte da trilogia, finalizando o conceito de ficção científica criado por BLAZE BAYLEY.


Esse será o décimo álbum da carreira solo de BLAZE BAYLEY depois da ascensão a fama global como vocalista do IRON MAIDEN (1994-1999). Ele foi escolhido para o MAIDEN depois de ter aparecido com sua primeira banda, WOLFSBANE, radicada em torno da cidade de Birmingham, Inglaterra, que é agora a base para gravação de todos seus discos solo.


Os últimos três ou quatro anos tem sido um período excitante na carreira de BLAZE BAYLEY, com um sentido real, vendas crescentes e atenção pela mídia, sem falar na capa para a revista Powerplay (edição de Novembro de 2017), junto com a cobertura de três páginas dos shows pela América do Norte. BLAZE BAYLEY também obteve reconhecimento quando foi eleito por fãs como o 67º melhor vocalista de todos os tempos pela Sweden Rock Magazine, enquanto uma performance como convidado com o DISTURBED na premiação inglesa do Download Festival foi outro ponto alto.


"The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)" foi escrito junto com Chris Appleton, da banda de Metal inglesa ABSOLVA. Chris, que também produziu o álbum, é guitarrista e backing vocal na gravação e turnê, junto com seus colegas de ABSOLVA Martin McNee (bateria) e Karl Schramm (baixo e backing vocals).


Participações especiais no álbum incluem o vocalista do FOZZY Chris Jericho, para quem BLAZE BAYLEY criou especialmente um personagem em "Infinite Entanglement" . Também participaram Luke Appleton (ICED EARTH baixista e ABSOLVA guitarrista), Michelle Sciarrotta (coro/ator), Jo Robinson (coro), Mel Adams (coro), Liz Owen (backing vocals/coro), Aine Brewer (voz/ator) e Rob Toogood (coro/ator).


A turnê mundial de "The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)" começará no final de Fevereiro em Glasgow e terminará em 25 e 26 de Maio quando um DVD e CD ao vivo serão gravados em duas noites em Chez Paulette, perto de Nancy na França. Depois de um pequeno número de shows em festivais no verão, e mais uma pequena rodada de shows no Reino Unido, a turnê chegará aos EUA e Canadá em Setembro, na carona do sucesso da turnê norte-americana de 2017. Então, na primeira metade de 2019, a agenda continua pela América Latina e de novo retorna aos EUA para locais não visitados em 2018, sendo que nessa época é que serão lançados o DVD e CD ao vivo citados antes.


Convidados especiais para os shows no Reino Unido (exceto no Hammerfest) será a banda FAITH IN GLORY, enquanto que ainda na Europa, de primeiro de Abril até 26 de Maio, o convidado especial será Luke Appleton (ICED EARTH, ABSOLVA) com seu show solo-acústico.


"The Redemption Of William Black (Infinite Entanglement Part III)" será lançado no dia 02 de Março de 2018.


A atual formação, conforme foto acima é (esquerda para direita): Martin McNee (bateria), Chris Appleton (guitarra e backing vocals), Blaze Bayley (vocais), Karl Schramm (baixo e backing vocals).


Tracklist
01. Redeemer
02. Are You Here
03. Immortal One
04. The First True Sign
05. Human Eyes
06. Prayers of Light
07. 18 Days
08. Already Won
09. Life Goes On
10. The Dark Side of Black
11. Eagle Spirit




Links Relacionados
Facebook: facebook.com/officialblazebayley
Homepage: blazebayley.net
Myspace: myspace.com/blazebayley
Bandcamp: blazebayleyofficial.bandcamp.com
ReverbNation: reverbnation.com/blazebayley
Twitter: twitter.com/BlazeBayley
Youtube: youtube.com/user/blazebayleyofficial

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Bill Hudson(Entrevista)



Quando se fala em Guitarristas internacionais diversos nomes surgem em nossas cabeça,mas são poucos que conseguem viver de sua arte ao longo dos anos, Bill Hudson é um desses guitarristas que além de tocar  bem tem carisma,e toca em bandas que muitos de nós mortais  sonhou em fazer parte,confira a entrevista que o hellmetalrock fez com esse  grande músico Brasileiro .

Entrevista:Alex Martins


1)voce está radicado nos Estados unidos, ha alguns anos atuando

em diversas bandas?Como foi seu inicio de carreira?la em 1993?

R: Meus pais me deram uma guitarra no dia das Crianças de 1992 haha!
Comecei a ter aulas logo na semana seguinte. Eu tinha visto o video
clip de November Rain, do Guns N' Roses e visto o Slash solando na
frente da igreja. Achei aquilo a coisa mais legal que ja tinha visto
na vida! Um pouco depois, meus pais me deram um VHS de um show da tour
daquele ano, no Japao. Decidi que queria fazer aquilo da vida vendo
aquele show! Dali pra frente foi como todo outro garoto da época,
montando sua primeira banda, tocando shows menores, etc...





2)voce assim como eu ,estudou com Kiko Loureiro,e hoje ele se
encontra com uma carreira sólida junto ao Megadeath?E voce com uma
grande carreira internacional,?Existe alguma formula para consolidar a
carreira como músico nos dias de hoje e viver de guitarra?
R: Nao sei se existe alguma formula, mas certas coisas podem ser
quantificadas. Por exemplo, muitos músicos acham que tudo que precisa
e "tocar pra caralho" e isso nao e verdade. Tem muitos fatores, muitas
coisas que voce precisa ter para ter change de um lugar ao sol. TODAS
essas coisas tem que estar em dia, e quem tem tudo em dia assim,
normalmente tem sucesso... Didicil alguém que faz TUDO certo e nao
consegue nada.. e quantificável, mas nao sei se chamaria de uma
formula.
                 
3)Como é para o Bill Hudson tocar em grandes bandas como,Trans
Siberiam orchestra,U.D.O,DIRSCHNEIDER,I AM MORBID,JON OLIVA S
PAIN,ZACK STEVENS CIRCLE 2 CIRCLE ?como voce arranja tempo para tocar
em todas essas bandas e trabalhar westfield massacre?
R: Na verdade nao trabalho mais com o Westfield Massacre ha alguns
anos. Eu compus, arranjei e gravei todas as musicas do primeiro
disco, exceto por 1 musica. Mas nao fiquei na banda, e acho que hoje
na verdade nem existe mais.

Quanto as bandas que voce mencionou, nem todas são ativas o ano
inteiro. A que mais faz shows e o U.D.O / DIRKSCHNEIDER, que faz por
volta de 100 shows ao ano. O I Am Morbid faz por volta de 40, e o
CIRCLE II CIRCLE esta inativo a alguns anos, assim como o JON OLIVA'S
PAIN, ja que ambos (Zak Stevens e Jon Oliva, vocalistas do SAVATAGE)
estão concentrados no TRANS-SIBERIAN ORCHESTRA, que so acontece no fim
do ano, 3 meses de turne. As vezes da uns conflitos de agenda, haha
mas tem dado certo. Sou muito grato por poder tocar em todas essas
bandas e viver de musica ja ha alguns anos por isso.



    



4) voce tocou em umas das bandas mais fodas de deathmetal o vital
remains?como foi essa experiência?
R: Foi muito legal! Ate hoje lembro bastante dessa turne. Eu morava na
época com o Brian Werner (vocalista), ele ainda e um dos meus melhores
amigos! Eu estava com o CIRCLE II CIRCLE em Dubai, nos Emirados
Arabes, e recebi um email do Brian me dizendo que tinham acabado de
perder o guitarrista e tinham um cruzeiro e uma turne marcadas. Eu
mencionei que estava tocando em Dubai, mas que era meu ultimo dia e ia
voltar pros Estados Unidos no dia seguinte. Entao ele me mandou as
musicas em mp3 e tablaturas. Eu nao tive tempo de TOCAR as musicas,
mas voltei no avião entre Dubai e Miami lendo as tablaturas e ouvindo
as musicas ao mesmo tempo. Foi foda por que cada musica tinha 10
minutos e varias partes diferentes haha!

Entao eu cheguei em Miami e fiz MEIO ensaio com a banda e fomos direto
para o cruzeiro BARGE TO HELL, uma versão "do mau" do 70K Tons of
Metal, com bandas como BEHEMOTH, SEPULTURA, MAYHEM, etc...

Ja no navio, me juntei com o Tony (guitarrista) e tocamos as musicas
algumas vezes e ja fizemos o primeiro show. Foi ok, mas nao perfeito.
Ja o segundo show foi muito bom!

Dali, voamos direto para o Brasil para nos juntarmos ao KRISIUN e ao
MALEVOLENT CREATION para fazer uma turne de 6 shows. Foi a primeira
vez que toquei no Brasil como musico profissional. Ja tinha rodado o
mundo inteiro e feito os maiores festivais, mas nada no Brasil. Foi
muito legal tocar em Sao Paulo e ver meus pais no camarote enquanto eu
tocava!

Nao deu pra continuar com a banda, mas ainda somos muitos amigos e
inclusive compus algumas coisas para eles para um possível proximo
disco.




5)Eu acompanho sua carreira a anos e já vi voce atuar em diversas
bandas de estilos diferentes?como voce se prepara para cada banda ou
projeto? qual sua rotina de estudos?
R: Eu tenho uma seria rotina de estudos em geral, envolvendo
exercícios bem básicos que aprendemos la com 15 anos. Sabe, aqueles
das video aulas do Paul Gilbert, John Petrucci, cromatismo, 3 notas
por corda, etc... Faço isso ate hoje, todo dia para manter a precisão.
Faço aqueles 1234, 2134, 3214, etc...do Steve Vai todas as manhas e
noites em andamentos diferentes por volta de 30 minutos, tendo que
tocar ou nao. Faço também escalas no braço todo em todos os tons,
coisas assim.

Entao, ensaio as musicas do set list que estiver estudando como se
fosse o show. Faço uma playlist e toco. Se errar algo, continuo como
se fosse o show. E também me certifico de tocar PELO MENOS uma vez por
dia o set todo ate a data do inicio da turne, como um ritual. Se tem
alguma parte que tenho dificuldade, estudo com metrônomo
obsessivamente ate soar bem o suficiente pros meus ouvidos. Isso que e
legal de heavy metal e rock, por que os riffs são tao exatos voce pode
"afia-los" ate soar bem para seu ouvido como um exercício de
musculação...

Se for para aprender algum solo lendário, de alguém como Criss Oliva,
eu normalmente passo horas obcecado com cada bend, cada nuance...cada
coisinha, para nunca dar motivo para fan nenhum reclamar que nao
toquei satisfatoriamente bem.



 



6)Me fale sobre a sua relação com a ESP.
R: Ja ha alguns anos eu tenho sido "a face da companhIa", começando em
2013 quando fui capa do catalogo. Na época eles estavam procurando
alguém com uma boa imagem, que tocasse bem, mas nao fosse muito
conhecido, ja que o Gus G, que era "o garoto" deles na época, estava
começando a ficar muito conhecido pela gig do Ozzy, etc... Conheci o
vice presidente, Jeff Moore, e ele me disse "Se voce tocar guitarra
metade do seu visual, voce vai ser um rockstar" haha... e ate hoje
trabalhamos juntos.. ele eh um empresário "nao oficial" e um grande
amigo. Fazemos muitas coisas juntos, inclusive com uma empresa que ele
tem de roupas pra cachorros, o I DIG MY LIFE, que da roupas para os
meus cachorros haha.
Mas voltando a ESP, me dou muito bem com as guitarras e eles tomar
conta de tudo que peco. NUNCA me disseram nao quando pedi qualquer
coisa...nunca me recusaram nada e me dao todo o suporte. Sao mesmo a
melhor companhia do mercado, na minha opinião!


                                                                          


           


7)Gostaria de saber sobre seu disco solo?tem alguma previsão de lançamento?
R: Os planos mudaram, e decidi montar uma nova banda. Gostaria de
poder falar muito sobre isso, pois no momento e minha prioridade e o
que estou pondo mais energia na minha carreira, mas nao posso falar
nada oficialmente ainda, exceto que meus novos companheiros de banda
são Suecos, haha. Também posso dizer que saira antes do final desse
ano, finalmente! Estou muito, mas MUITO empolgado com isso!

8)Como foi tocar no Randy Rhoades Remembered, dividindo o palco com
músicos do Ozzy, Skid Row, Dio, Nitro, Journey, Strype?
R: Uma experiencia maravilhosa! Toquei COM o Stryper, com Michael
Sweet cantando e Oz Fox fazendo o solo de "Over The Mountain" junto
comigo! Tudo isso enquanto Rudy Sarzo no baixo e Brian Tichy na
batera! Michael Sweet sempre foi um dos meus vocalistas preferidos
também, foi uma honra! No final, TODOS os guitarristas se juntaram no
palco e fizeram Dee juntos no violão. Doug Aldrich, Richie Faulkner,
Phil Demmell, Mike Orlando, todo mundo! Foi épico!





9)Qual dica que voce pode deixar aos guitarristas que querem ter uma
carreira solida no mercado musical?Como a sua?
R: Sejam melhores que os outros em tudo! Sempre pense: "A minha
empresa (eu) esta operando na melhor performance?". Sua palhetada eh
boa como a dos caras que voce ve tocando em shows? E seu visual? Voce
tem umas roupas legais, ou sobe no palco de bermuda, como se estivesse
indo no mercado? Nao faca isso! Seu visual e seu cartão de visita. Se
tiver dois caras tocando igual, o cara com melhor visual sempre vai
ganhar o emprego. Se voce nao for o melhor, vai perder a vaga pro
melhor. Sempre.




10)Minha banda sacredeath abriu o show do circle 2 circle em
Curitiba,eu sempre fui um grande fã do savatage,conversamos com toda a
banda ,mais ZACK STEVENS é uma das pessoas mais legais que
conheci,Falo isso porque muitas vezes vejo as bandas Brasileiras com
sindrome de estrelismo,até para ceder uma entrevista?como é sua
relação com seus fãs?atuando em diversas bandas consagradas do metal
mundial?
R: Hoje em dia, a barreira entre o artista e o fa e muito diferente do
que era na época que eu comecei. Voce pode, em termos de metal, chegar
a literalmente QUALQUER MUSICO no Facebook. Todo mundo responde. Muito
raramente um musico nao tem social media... e a reação dos fas as
coisas que voce faz eh imediata, eles postam no Facebook de dentro do
local do show ate! Entao voce tem a oportunidade de ficar muito
proximo aos seus fas, e eu acho isso muito legal! Muitos fas se tornam
amigos, pois toco em bandas diferentes entao volto na mesma cidade em
turns diferentes e vejo a mesma pessoa, etc... Gosto e aprecio cada fa
pq sem eles, eu nao tenho uma carreira... eles merecem TUDO de mim so
por isso.

11)Gostaria de agradecer e dizer que sou um grande fã de seu
trabalho,e voce além de um grande guitarrista é um ser humano
incrivel,deixe uma mensagem aos seus fãs e todos que acompanham o
Hellmetalrock?
R: Muito Obrigado Alex e Hellmetalrock pela oportunidade! Adoro falar
com veículos de comunicação do Brasil e dar entrevistas em Portugues,
pq aprendo que mais pessoas conhecem o meu trabalho no meu pais! Tudo
de bom para voce e muito boa sorte para o Sacredeath!
--
Bill Hudson
billhudsonofficial.com
billhudsongtr.bandcamp.com/releases
facebook.com/billhudsongtr
twitter.com/billhudsongtr
instagram.com/billhudsongtr

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

THREE DAYS GRACE DIVULGA PODEROSA FAIXA; OUÇA “I AM AN OUTSIDER”





O novo disco da banda será lançado em Março

Recentemente, o Three Days Grace anunciou que irá lançar um novo disco intitulado Outsider.

O anúncio foi feito após divulgarem o primeiro single do trabalho, “The Mountain”. Agora, o grupo lançou uma poderosa nova faixa, “I Am An Outsider”.

Ao disponibilizar o novo som, o baterista Neil Sanderson disse a Billboard que as letras do Three Days Grace sempre foram sobre as pessoas que se sentem diferentes dos outros e estão confortáveis com isso. “[A música] é sobre decidir que você não quer ser influenciado pelas coisas em sua vida, principalmente pelas pessoas ruins que estão nela”, ele conta.

O baterista também falou sobre o papel da faixa no disco e disse que acredita que ambos servirão como um “despertador para você não se distrair com as inúmeras informações que somos bombardeados todos os dias.”

No novo trabalho, a banda se juntou a Rhys Fulber para transformar o som em algo que eles nunca haviam feito antes. Enquanto isso, Gavin Brown e Howard Benson se mantiveram como produtores do Three Days Grace.

O sucessor de Human (2015) será lançado no dia 09 de Março pela RCA e marca o sexto disco de estúdio do grupo.






Outsider tracklist:

1. “Right Left Wrong”
2. “The Mountain”
3. “I Am An Outsider”
4. “Infra-Red”
5. “Nothing To Lose But You”
6. “Me Against You”
7. “Love Me Or Leave Me”
8. “Strange Days”
9. “Villain I’m Not”
10. “Chasing The First Time”
11. “The New Real”
12. “The Abyss”

VERSÃO INÉDITA DE JIMI HENDRIX É DIVULGADA; OUÇA “HEAR MY TRAIN A COMIN’”




A faixa fará parte de um novo disco póstumo do cantor

Como já divulgado antes, um novo disco de Jimi Hendrix será lançado com treze faixas nunca lançadas antes e entre elas está a versão inédita de “Hear My Train A Comin’” que você pode conferir logo abaixo.

Both Sides of the Sky irá finalizar a trilogia de músicas inéditas do guitarrista. Valleys of Neptune foi lançado em 2010 e People, Hell and Angels em 2013. O novo disco terá o mesmo engenheiro de som dos outros dois, Eddie Kramer, que trabalhou em todos os projetos de Hendrix desde sua morte.

“Hear My Train A Comin’” é a segunda faixa divulgada do disco, sendo a primeira um cover de “Mannish Boy” do Muddy Waters. Clique aqui para conferir.

O trabalho será lançado no dia 09 de Março pela Sony Legacy Recordings em diversos formatos: CD, digital e um vinil duplo de 180 gramas.


ANGRA SOLTA NONO DISCO DA CARREIRA; OUÇA ØMNI





Álbum chega quatro anos após Secret Garden

ØMNI, o nono disco de inéditas do Angra, chegou às plataformas digitais nesta sexta-feira, 16 de Fevereiro, com lançamento pela earMusic.

O novo álbum chega quatro anos após Secret Garden, e traz 11 músicas na track list. Entre elas, duas já haviam sido divulgadas como singles, “War Horns” — que veio acompanhada de clipe — e “Travelers Of Time”.

ØMNI é o segundo disco do Angra com Fabio Lione (ex-Rhapsody) como vocalista. Foi gravado na Suécia e conta com a participação de Kiko Loureiro, membro fundador que agora integra o Megadeth, em uma das faixas.

Ouça ØMNI na íntegra abaixo, e leia aqui nossa resenha do disco.


https://open.spotify.com/album/5nwuV8ZeyyMJTwa8qxyLyo